Elétrico Nissan Leaf é lançado no Brasil por R$ 195 mil
19 de julho de 2019 – 14:11 | Comentários desativados em Elétrico Nissan Leaf é lançado no Brasil por R$ 195 mil

Valor é R$ 16,5 mil mais caro que o da pré-venda. Modelo foi apresentado no Salão do Automóvel de 2018 e teve 20 unidades vendidas até julho.
A Nissan lançou nesta quinta-feira (18) seu primeiro carro …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Curiosidades

UM INACREDITÁVEL DEL REY “MUSTANG” EXISTE – E ESTÁ À VENDA!

Submitted by on 29 de março de 2016 – 14:51No Comment

mustang-del-rey-ford-conversivel-257811-mlb20644987311_032016-f

Um desavisado que ler este anúncio no Mercado Livre ficará em dúvida: um Mustang sendo vendido no Brasil por R$ 30.000? Claro que não se trata de um Mustang original, e sim algo ainda mais raro: uma transformação feita a partir de um brasileiríssimo Ford Del Rey.

Lançado em 1981 para ser o modelo top de linha da Ford no Brasil, o Del Rey ocupou a lacuna deixada pelo grande Galaxie, com dimensões (bem) menores e mais econômico. De 1981 até 1991, o modelo contou com curiosas versões, como o Del Rey Executivo, uma versão limusine do sedã, e um conversível – como o curioso modelo que ilustra essa matéria.

A transformção em sem-teto era feita pela concessionária Souza Ramos. No entanto, o veículo das fotos foi curiosamente customizado pelo seu dono para se parecer com um Mustang, e traz modificações como novos faróis redondos, para-choques cromados, faróis de milha e grade com direito ao logo característico do original americano. Na lateral, as alterações ficam restritas as rodas raiadas e um friso que simula uma entrada de ar. Já na traseira, mais frisos, além de uma placa de licença norte-americana e lanternas que remetem à primeira geração do Mustang, com três barras verticais, além de para-choques também cromados.

Com 126.000 quilômetros no hodômetro, quem quiser levar o “Mustang” Del Rey conversível ano 1983 (e não 1964, como diz o anúncio cara de pau) à venda em Presidente Prudente (SP) terá que desembolsar R$ 30.000.

FONTE: Quatro Rodas
TEXTO: Diego Dias

Comments are closed.