Cotada para o Brasil, Opel prepara 8 novidades até 2020
16 de outubro de 2018 – 11:19 | Comentários desativados

Alemã prepara os sucessores do Corsa e do Mokka X e também na eletrificação da gama
Empresa que atua de uma forma muito transparente na hora de comunicar suas estratégias, algo raramente visto no setor, a …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Times ameaçam boicotar GP da Austrália

Submitted by on 4 de março de 2015 – 14:04No Comment

01

A inquietude que o acidente de Fernando Alonso no último dia 22 trouxe à Fórmula 1 é tamanha, que algumas equipes ameaçam não embarcar para a Austrália, palco da prova de abertura da temporada 2015 alegando questões de segurança.

De acordo com o jornal alemão Bild, os times alegam que não há nada que refute a ideia de que o espanhol tenha recebido um choque elétrico em suas costas, que levou a perder os sentidos e bater no muro no dia 22 de fevereiro passado, em treinos realizados na pista de Barcelona.

Para um chefe de equipe adversário da McLaren, as baterias de recuperação de energia dos sistemas híbridos dos atuais carros não transmitem segurança aos competidores e poderiam, em caso de outros acidentes, causar consequências mais sérias ou fatais.

“Se um avião cai e há o menor indício de que o acidente aconteceu por um problema no sistema, nenhum outro avião deste tipo decola”, falou o dirigente que cobra respostas da Honda, parceira do time de Woking.

Oficialmente, a McLaren diz que uma rajada de vento fez com que Alonso perdesse o controle do carro e batesse no muro, requerendo atendimento médico e que resultou em três dias de internação hospitalar. O time já anunciou que o espanhol está fora do GP da Austrália e que Kevin Magnussen corre em seu lugar na prova em Melbourne.

Fonte: Sandro Varela / Amigos da Velocidade

Comments are closed.