Cotada para o Brasil, Opel prepara 8 novidades até 2020
16 de outubro de 2018 – 11:19 | Comentários desativados

Alemã prepara os sucessores do Corsa e do Mokka X e também na eletrificação da gama
Empresa que atua de uma forma muito transparente na hora de comunicar suas estratégias, algo raramente visto no setor, a …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Novidades

Tesla Model S 70D estará em exposição no Salão do Automóvel 2016

Submitted by on 25 de outubro de 2016 – 8:52No Comment

tesla-model-s-2017-oficial-4

O Salão do Automóvel 2016, que fica de portas abertas entre 10 e 20 de novembro no São Paulo Expo, terá uma interessante novidade para o público brasileiro, o Tesla Model S 70D. O sedã de luxo americano estará no estande Espaço dos Sonhos, onde outros bólidos de alta performance terão seu espaço para fãs e alguns felizardos (e discretos) milionários.

O Tesla Model S 70D e outros modelos que estarão em exposição serão trazidos ao Brasil e ao evento pela empresa Elektra Energy, que atua no setor elétrico brasileiro. O luxuoso de Elon Musk está sendo distribuído em vários mercados nessa configuração de bateria de 70 kWh, que deixou de ser vendido nos EUA, onde as opções são de 60, 75, 90 e 100 kWh.

Totalmente elétrico, o Tesla Model S 70D tem dois motores elétricos, cada um instalado em um eixo, entregando 255 cv cada um, totalizando assim 510 cv. Com isso, o bólido de Fremont vai de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos e tem máxima de 240 km/h, de acordo com a importadora.

Com autonomia de 435 km, o Tesla Model S 70D que será mostrado terá a bordo o sistema de condução semiautônoma Autopilot, segundo as descrições da empresa. A vantagem da tecnologia é que permite mudanças de faixas e adaptação ao trânsito, assim como controle direcional autônomo.

O Tesla Model S 70D permite que as atualizações de software over-the-air melhorem o desempenho e a experiência de condução do veículo da mesma forma que as atualizações para smartphone funcionam. Isso significa que recebem melhorias automática e gratuitamente, durante toda vida útil do carro. Preço? Nos EUA estava custando US$ 75.000. Aqui, não se falou em preço…

Tesla Model S

Aparentemente o Tesla Model S 70D substituiu nos EUA as versões 60 e 60D, mas estas retornaram ao configurador americano, enquanto o 70 começou a ser distribuído na Europa. De qualquer forma, esta é apenas mais uma das várias versões de bateria e performance que o Model S tem em sua curta vida.

Desenhado por Hanz von Holzhausen, o Tesla Model S foi o primeiro carro desenvolvido pela marca americana, liderado por Elon Musk – chefe também da SpaceX e Solar City, além de idealizador do Hyperloop e co-fundador do Pay Pal. Concebido como um carro de luxo, o sedã (com vigia traseira integrada ao porta-malas) mede 4,97 m de comprimento, 1,96 de largura, 1,43 de altura e 2,95 de entre eixos, pesando 2.090 kg nesta versão 70D.

Apesar do peso elevado, o Tesla Model S apresenta excelente autonomia, sempre de acordo com a capacidade de suas baterias, que varia de 60 kWh até 100 kWh da topo de linha P100D. Este último pode ir de 0 a 100 km/h em incríveis 2,7 segundos com alcance de 485 km.

Com estilo que lembram alguns carros famosos, como Mazda e Maserati, o Tesla Model S chegou ao mercado americano já em 2012, sendo fabricado em Fremont, Califórnia, nas antigas instalações da NUMMI, joint-venture entre GM e Toyota. O sedã é montado em CKD na cidade de Tilburg, Holanda.

Em seu interior, o destaque fica para a enorme tela de 17 polegadas montada na vertical, onde todas as funcionalidades do veículo, desde instrumentação até entretenimento, estão disponíveis para o condutor como um enorme tablet. Ao longo do tempo, Elon Musk foi introduzindo atualizações gratuitas e também pagas, tais como o modo Ludicrous, que permitia ao modelo – dependendo da versão – baixar o tempo de 0 a 100 km/h para 3 segundos. Mas o mais famoso (e polêmico) é o Autopilot, já descrito acima.

Hoje o Tesla Model S é o pilar de sustentação da marca, que virou referência em elétricos e é considerada uma referência para carros elétricos atualmente. A partir dele, surgiu o Model X, um misto de crossover e minivan com portas traseiras em “asa de falcão” e o mesmo chassi tipo skate, que abriga motores, sistema elétrico e baterias de íons de lítio. Ambos são construídos em alumínio. O Model S recebeu uma atualização visual na linha 2017.

TEXTO: Redação
FONTE: Noticias Automotivas

Comments are closed.