Volks apresenta versão de rali do novo Polo
14 de dezembro de 2017 – 14:48 | Comentários desativados

A Volkswagen revelou junto com a nova geração do Polo GTI (que não vem para o Brasil) a versão de rali que correrá na categoria R5 do WRC 2 (segmento intermediário do Campeonato Mundial de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Indústria, Mercado, Novidades

Sofisticação a bordo do Fit 2018

Submitted by on 15 de setembro de 2017 – 11:08No Comment

Novo-Honda-FIT-2018 (1)

O Honda Fit vai manter o motor 1.5 que gera até 116 cavalos de potência, mas vai ficar maior e mais caro em 2018. É que, nesta quarta geração, o modelo ganhou quase dez centímetros a mais de comprimento e equipamentos novos que elevaram para R$ 80,9 mil o preço da sua versão mais completa. A Honda explica que o novo design deixa o carro mais esportivo, enquanto os itens de série buscam sofisticação.

“Queríamos um veículo compacto que permitisse ao motorista ter o espaço interno e o conforto de veículos de outros portes. Por isso, na versão 2018, o Fit ganha itens que vão trazer ainda mais sofisticação, conforto e segurança”, argumentou o diretor de relações públicas da Honda, Sergio Bessa. Entre as novidades, está um novo sistema de direção elétrica, que promete menos atrito e respostas melhores. Também surgem, como itens de série, controle de tração e estabilidade com freios ABS, sistema que auxilia a saída em rampas, alerta para frenagem de emergência, luzes traseiras em LED e fixação isofix. Na versão topo de linha, ainda há central multimídia com navegador integrado e ar-condicionado digital automático, com painel touchscreen.

Já em termos de design, as mudanças estão nos parachoques, que estão maiores. O dianteiro ganhou uma grade mais esportiva e novos faróis de neblina. Já o traseiro ganhou oito centímetros de comprimento para ficar mais robusto e oferecer mais proteção ao porta-malas. Falando nisso, o compartimento ganhou mais 33 litros com o aumento do modelo. E as novidades não param por ai no quesito bagagem. É que o sistema de rebatimento de bancos, que já garantia melhor aproveitamento do espaço interno do Fit, ganhou novas configurações. Agora, são dez modelos de rebatimento diferentes. Por isso, dá até para liberar toda a lateral do carro para carregar uma prancha de surf ou rebaixar os encostos dos bancos dianteiros para criar uma área de relaxamento que simula o espaço de duas camas.

Quando se fala em mecânica, por sua vez, a única mudança está na direção. Afinal, o Fit vai continuar com o motor da versão 2017. É o propulsor 1.5 i-VTEC FlexOne, que promete oferecer bom desempenho e consumo graças ao sistema que varia o tempo e a profundidade de abertura das válvulas de acordo com a rotação do motor. Segundo a Honda, o motor faz até 116 cavalos de potência, 15,3 kgf.m de torque e 12,3 quilômetros por litro na cidade. O rendimento, porém, varia de acordo com a transmissão. É que o Fit vem com câmbio manual na versão de entrada (DX) e câmbio CVT nas demais opções (Personal, LX, EX e EXL).

O Honda Fit 2018 chega às concessionárias de todo o Brasil no fim de setembro e será vendido entre R$ 58,7 mil e R$ 80,9 mil. Entre as opções, está a nova versão Personal. Ela foi pensada para o público que quer personalizar o seu carro e não vai pagar mais que R$ 70 mil graças à isenção fiscal, como têm direito as pessoas com deficiência (PCD).

Texto: Marina Barbosa

Fonte: Folha PE

Rodão

Comments are closed.