A indústria automotiva reserva importantes lançamentos para o segundo semestre, como o VW Polo
18 de agosto de 2017 – 15:03 | Comentários desativados

Entre os principais lançamentos programados para os próximos meses estão o novo Volkswagen Polo, o sedã derivado do Fiat Argo, o Chevrolet Equinox e algumas reestilizações
Principalmente depois da divulgação do preço atraente, muitos consumidores aguardaram …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Schumacher vê Raikkonen e Alonso como “dupla explosiva” para a Ferrari

Submitted by on 13 de setembro de 2013 – 13:51No Comment

05

Ao longo de seus 21 anos de carreira na F1, Michael Schumacher teve a maior parte de seu legado marcada pelo reino absoluto na Benetton e na Ferrari, tendo para si o status de primeiro piloto e dando a essas equipes seus maiores momentos de glória na história.

Durante todo esse período, o heptacampeão jamais encontrou um companheiro que pudesse fazer frente ao seu domínio, diferente do que está para acontecer com Fernando Alonso em 2014. Líder inconteste da Ferrari desde 2010, o espanhol terá pela frente um grande desafio no ano que vem, proporcionado pelo retorno de Kimi Raikkonen a Maranello.

Em entrevista ao jornal alemão “Bild”, o ex-piloto germânico alertou que essa combinação poderá ser “explosiva” para a escuderia italiana, mas que, por outro lado, os fãs terão a oportunidade de acompanhar de perto uma das rivalidades internas mais emocionantes já vistas na categoria.

“Para os fãs de automobilismo, certamente vai ser uma explosão. Vai ser empolgante de assistir”, comentou. “Agora, para a Ferrari, com Fernando e Kimi, isso soa como uma mistura explosiva”, ponderou.

Em 2006, Schumacher se aposentou da F1 logo após da confirmação de que Raikkonen seria contratado pela Ferrari, o que indica que havia chances de o finlandês e o alemão terem dividido a esquadra por pelo menos uma temporada. Como isso não ocorreu, a formação do duo Raikkonen-Alonso representará a primeira vez que dois campeões mundiais defendem a escuderia simultaneamente desde Nino Farina em Alberto Ascari, em 1953.

Fonte: Leonardo Felix / Tazio
Foto: AP Photo/Alberto Saiz

Comments are closed.