Apesar de política indefinida, empresas testam mercado de carros elétricos no Brasil
25 de setembro de 2017 – 16:42 | Comentários desativados

Enquanto o governo não define uma política para carros elétricos e híbridos, novas empresas do ramo chegam para testar o mercado brasileiro. A Hitech Electric, do brasileiro Rodrigo Contin, iniciou em maio a importação de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Curiosidades

Salão do Automóvel tem carros clássicos; veja onde encontrar

Submitted by on 23 de novembro de 2016 – 12:23No Comment

img_0927

 

Apenas três montadoras levaram veículos antigos ao São Paulo Expo.
Exposição que comemora 60 anos da indústria nacional fica ‘escondida’.

Apesar de ser voltado para as novidades do mercado, o Salão de São Paulo tem um discreto (e escondido) espaço para os carros clássicos. Entre os 540 modelos expostos, sendo 150 lançamentos, apenas uma dúzia pertence a “velha guarda”.

Há dois espaços destinados aos antigos no São Paulo Expo. Ambos em “cantos” do pavilhão, com acesso por alamedas secundárias.

São oito veículos, todos nacionais, que fazem parte das comemorações dos 60 anos da indústria automotiva brasileira. A ação foi promovida pela Federação Brasileira de Veículos Antigos e pela Anfavea, a associação das fabricantes.

“São carros lendários, que fizeram história na indústria nacional”, afirmou Denis Lico, produtor da mostra. Entre os modelos, há “figurões, como Fusca, Kombi, Fiat 147 e Opala, mas também raridades, como o Willys Interlagos e o DKW Fissore, ambos dos anos 1960.

Pouco espaço nas marcas

A quantidade de clássicos nos estandes de fabricantes é ainda menor. São apenas dois: um Suzuki Jimny 1975 e um Mitsubishi PX-33 1937. O primeiro pertence ao acervo da empresa que representa a Suzuki no Brasil, e está lá, na mesma cor verde escuro de um exemplar 2016, para demonstrar a diferença entre os 41 anos que separam as duas unidades.

Já o Mitsubishi veio especialmente do Japão para o salão, e deve retornar logo em seguida. O carro, de quase 80 anos, é um dos primeiros veículos com tração 4×4 no mundo. Ele tem motor diesel de 6.7 litros e 70 cavalos.

Além da dupla asiática, a Mercedes colocou nos fundos de seu estande um 170d, precursor do sedã Classe E. O modelo foi feito em 1951 e tem motor diesel de 4 cilindros e 38 cv.

Volkswagen com carreata

A Volkswagen fez uma ação diferente – promoveu uma carreata com 50 modelos dos últimos 50 anos da marca, saindo do Centro de Treinamento da marca em direção ao São Paulo Expo. Lá, os carros ficaram estacionados na área externa do pavilhão.

Entre os carros expostos, uma Kombi Turismo 1960 preparada para ser um trailer chamou atenção. Tanto que ganhou um espaço dentro do salão, junto com o 147 e Opala.

Curiosamente, Fiat e Chevrolet têm em seus estandes modelos que homenageiam clássicos. Na marca italiana, o 124 Spider veio a passeio.

O conversível lançado no ano passado é uma releitura moderna do roadster vendido entre as décadas de 1960 e 1980.

Apesar dos fortes laços, um visitante que não conheça a história do modelo original vai passar desapercebido pelo carro, já que não há nenhuma referência no espaço da fabricante.

Já a Chevrolet lançou o novo Camaro com a série especial Fifty, em homenagem aos 50 anos do “muscle car”. No entanto, além do nome, não há qualquer sinal de um exemplar 1967 no estande.

TEXTO: André Paixão
FONTE: G1.globo.com

Comments are closed.