GM registra patente de Chevrolet Silverado no Brasil – Será que vem?
21 de setembro de 2018 – 15:10 | Comentários desativados

A General Motors registrou no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial – a patente da Chevrolet Silverado da nova geração, que é comercializada atualmente na América do Norte e em algumas poucas regiões do …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F-Indy

Rossi supera Power e lidera testes coletivos no circuito misto de Indianápolis. Fittipaldi fecha em 9º

Submitted by on 26 de março de 2018 – 16:12No Comment

 

F-ynd

Alexander Rossi levou a melhor nos testes coletivos da Indy no circuito misto de Indianápolis cravando 1min09s08. O americano ficou menos de 0s1 na frente de Will Power, que fechou na segunda colocação. Pietro Fittipaldi foi nono, enquanto Matheus Leist e Tony Kanaan ficaram, respectivamente, em 16º e 17º.

Se os testes no oval do Indianápolis Motor Speedway precisaram ser adiados por conta da previsão de tempo ruim, ao menos a Indy conseguiu colocar seus pilotos no circuito misto nesta sexta-feira (23). Em sessão sem cronometragem oficial da categoria e marcas divulgadas apenas por Honda e Chevrolet, melhor para Alexander Rossi, que virou 1min09s08. Will Power veio em segundo e, até alguns instantes após o fim da sessão, era tido como o primeiro colocado. Só depois que veio a confirmação da Honda de que Rossi e a Andretti haviam conseguido baixar o tempo. O australiano da Penske virou 1min09s14, bem próximo do rival.

O novato Jordan King vem tendo um desempenho muito impressionante. O piloto dos mistos e circuitos de rua da Carpenter, que chegou ao Fast Six em St. Pete e até liderou a prova, fez o terceiro melhor tempo, 0s1 atrás de Rossi. A Penske deixou ótima imagem, com Josef Newgarden e Simon Pagenaud bem próximos de Power, em quarto e quinto, respectivamente.

A Dale Coyne segue firme nas primeiras posições. Vencedor da etapa de abertura do campeonato e, consequentemente, líder até aqui, Sébastien Bourdais ficou em sexto, enquanto Pietro Fittipaldi apareceu em um bom nono lugar, com ritmo apenas 0s19 pior que o do veterano companheiro.

“Foi um dia especial para mim, fazendo minha estreia como piloto em Indianápolis. Só tinha vindo aqui como espectador, lembro de já ter me impressionado com a grandiosidade deste lugar vendo uma corrida de meu tio – Max Papis – e, claro, por toda história de conquistas de meu avô aqui. Foi incrível acelerar o carro da Indy em uma pista com tanta história”, disse o estreante brasileiro.

O dia realmente foi positivo para a Carpenter. Além de King, a equipe também viu Spencer Pigot beliscar o sétimo lugar, na frente de Scott Dixon. Marco Andretti foi quem apareceu para fechar o top-10.

Não foi uma sessão dos sonhos para a Foyt e a dupla brasileira. Matheus Leist e Tony Kanaan andaram bem próximos, aliás, ficando com a 16ª e a 17ª colocação.

Texto: redação.

Fonte: grandepremio

Portal Rodão.

Comments are closed.