Nova Honda CRF 450L é moto de trilha para rodar na rua
29 de maio de 2018 – 10:43 | Comentários desativados

Versão amansada da CRF 450R de motocross encara o off-road pesado, mas também é homologada para uso nas estradas
A Honda apresentou a nova CRF 450L nos Estados Unidos e na Europa com uma proposta interessante. …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Ron Dennis diz que McLaren ainda vai demorar a apresentar real potencial

Submitted by on 13 de fevereiro de 2015 – 13:12No Comment

02

A McLaren fez apenas 79 voltas no primeiro teste da pré-temporada, que aconteceu a pista de Jerez de La Frontera. Pouco, se compararmos com a quantidade de voltas feita pela Mercedes, por exemplo, que registrou ao longo de quatro dias, 515 passagens pela linha de chegada.

O chefe-executivo da equipe, Ron Dennis, não se espanta com a baixa quantidade de voltas – e quilometragem acumulada, pois ele admite que tanto o time quanto sua nova parceira, a Honda,assumiram alguns riscos no desenvolvimento do modelo MP4-30, o primeiro no regresso da parceria entre as partes.

“Ficamos surpresos com a capacidade da Mercedes de fazer mais de 100 voltas? Não, de forma alguma, porque é isso que se esperava deles depois de uma temporada em que eles foram dominantes e eficazes no desenvolvimento de um pacote diferente”, comentou.

“Claramente, se você está atrás em qualquer esporte, alcançar alguém exige que você acelere mais rápido do que eles estão rodado, do contrário você não vai alcançá-los. Nós assumimos alguns riscos técnicos calculados? Sim. Isso está relacionado a tecnologias que somos os primeiros a utilizar e precisamos trabalhar duro para ter vantagem na performance”, analisou.

Dennis admite que a McLaren ainda vai necessitar passar algum tempo sem exibir sua plena performance de seu novo pacote técnico.

“Provavelmente não será nem mesmo até a Austrália que saberemos o quão bem estamos. Espero que passem umas duas ou três corridas antes de realmente começarmos a conhecer o terreno. A palavra chave para todos no time é paciência. Nós temos que viver com as frustrações que prevíamos para nós e algumas dessas coisas ainda não são tão otimistas”, comentou.

Fonte: Amigos da Velocidade

Comments are closed.