Nissan anuncia modelos elétricos e híbridos para o mercado japonês e mira vendas de 50% para carros elétricos até 2025
20 de abril de 2018 – 9:43 | Coment√°rios desativados

Yokohama ‚Äď A montadora Nissan anunciou que tem planos de colocar no mercado japon√™s 3 modelos de carros el√©tricos e 5 h√≠bridos at√© 2022.
A Nissan n√£o especificou quais modelos chegar√£o ao mercado, mas at√© o …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Renault e Red Bull assumem possibilidade de deixar a F1

Submitted by on 27 de março de 2015 Р13:42No Comment

01

A Renault considera a possibilidade de deixar mais uma vez a Fórmula 1 por conta dos problemas de relacionamento com a Red Bull verificados neste começo de 2015.

O diretor de competi√ß√Ķes da marca francesa, Cyril Abiteboul, admite que se o cen√°rio n√£o mudar, existe sim a possibilidade de a empresa deixar de fornecer propulsores √† F1.

‚ÄúPosso confirmar que estamos analisando muitas op√ß√Ķes, inclusive sair da F√≥rmula 1. Honestamente, se a categoria for t√£o ruim para a reputa√ß√£o da Renault, se continuarmos enfrentando dificuldades com a f√≥rmula atual e se a F√≥rmula 1 n√£o der o retorno esperado, tendo em mente que uma fabricante n√£o tem incentivo financeiro para desenvolver e bancar o motor, isso √© o que pode acontecer‚ÄĚ, disse.

“Nossa maior prioridade é acertar o motor. Vimos com a Red Bull que não tem sido o começo de temporada que esperávamos. Precisamos ter o motor sob controle. Se conseguirmos, temos de rever a situação da perspectiva de marketing para ver se é melhor para nós aumentar ou reduzir nosso envolvimento com a Fórmula 1″, frisou.

Por outro lado, Christian Horner ‚Äď o chefe de equipe da Red Bull ‚Äď disse que as declara√ß√Ķes dadas por Helmut Marko foram mal interpretadas, j√° que no seu entendimento, o austr√≠aco falou que se a Renault sair da F1, a RBR pode tomar o mesmo rumo.

‚ÄúAcho que ele estava tentando dizer que, se nos encontrarmos em uma situa√ß√£o na qual ficamos sem uma fornecedora de motor, se a Renault decidir sair, a Mercedes n√£o forneceria um motor √† Red Bull, e √© improv√°vel que estiv√©ssemos em posi√ß√£o de utilizar um motor Ferrari. Portanto, na verdade podemos ser for√ßados a abandonar a categoria‚ÄĚ, declarou.

“Como qualquer companhia, a Red Bull quer retorno para seu investimento. A Fórmula 1 está dando isso para a marca? Há alguns sinais preocupantes quando assistimos corridas como a de Melbourne. Mas espero que seja um capítulo de uma história mais longa. A Red Bull quer competir e permanecer na Fórmula 1″, concluiu.

Fonte: Sandro Varela / Amigos da Velocidade

Comments are closed.