Conheça o Stan: robô que estaciona carros começa a operar este mês
16 de março de 2019 – 15:25 | Comentários desativados em Conheça o Stan: robô que estaciona carros começa a operar este mês

Empresa responsável promete aumento de cerca de 50% no número de vagas com automatização; serviço começa ainda em março, na França.
Um novo estacionamento controlado por robôs entrará em funcionamento no aeroporto Lyon-Saint-Exupéry, na cidade de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Red Bull volta a “pressionar” que pode sair da F1 em 2021

Submitted by on 13 de março de 2019 – 14:48No Comment

O fundador da Red Bull, Dietrich Mateschitz, disse que é possível que sua equipe saia da Fórmula 1 em 2021 se os regulamentos não estiverem de acordo com os pensamentos da equipe. É bem provável que isso possa ser uma (nova) ameaça para pressionar as negociações, mas também é possível que dessa vez – diante de tantas mudanças anunciadas – os rumores sejam verdadeiros. Todas as equipes mantêm times fora da Fórmula 1, então não seria totalmente inviável para equipe fazer uma opção.

Perguntado pelo site ‘Motorsport.com’ se era possível que a Red Bull deixasse o esporte, Christian Horner disse: “Absolutamente, e isso é um direito dele”, Horner disse sobre o que Mateschitz pensa.

Horner continuou: “Ele é apaixonado por automobilismo, ele é apaixonado pela F1, ele está entusiasmado com a nova parceria de motores com a Honda e com o potencial que isso traz, mas é claro que a F1 tem que ‘entregar’ para a marca Red Bull também.

“É preciso ser empolgante, precisa ser rentável, a corrida tem que ser ótima, e precisamos ser capazes de competir em igualdade de condições entre equipes fabricantes e equipes clientes.

Bernie Ecclestone também comentou sobre a possibilidade “real” das equipes saírem da F1.

“Talvez a Mercedes esteja na Fórmula E porque acha que a Fórmula E está mais alinhada com a maneira como a indústria automobilística está caminhando”, Ecclestone disse ao ‘Motorsport.com’.

“A Red Bull não precisa estar nela, porque eles recebem muita publicidade de todas as outras coisas que eles fazem. Para eles, se eles pararem não vai prejudicá-los.”

“As pessoas acham que a Ferrari nunca iria parar, mas a marca da Ferrari é tão forte que seria difícil danificar a Ferrari. Eles poderiam facilmente fazer outra coisa no automobilismo”.

Apesar das alegações o mais provável é que eles estejam tentando influenciar as negociações para as mudanças de regulamentos do esporte, previstas para 2021.

Texto: Gabriel Gavinelli

Fonte: F1 Mania

Portal Rodão

Comments are closed.