Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador
13 de setembro de 2019 – 14:45 | Comentários desativados em Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador

Estande da BMW no Salão de Frankfurt dá spoilers sobre as novas gerações do Série 4, além de novidades para o nicho dos SUV-cupê e um novo carro elétrico.
Uma das atrações da BMW  no Salão …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Curiosidades

PILOTO AUTOMÁTICO É MAIS OU MENOS ECONÔMICO?

Submitted by on 16 de março de 2016 – 11:50No Comment

borboleta-do-cambio-e-piloto-automatico-no-volante-do-fit-exl-minivan-modelo-20

Qual o impacto do piloto automático no consumo? Ele é mais ou é menos econômico? – Sérgio Guedes, São Paulo (SP)

O consumo do controlador de velocidade de cruzeiro ou cruise control, chamado popularmente de piloto automático, depende mais do motorista utilizado como referência do que do equipamento em si. Imagine a situação de uma subida numa estrada: se o condutor mantiver o pé constante no acelerador, permitindo que ocorra uma pequena redução na velocidade do veículo, o consumo será menor do que com o piloto automático ativo, porque este aumentaria a aceleração para tentar manter a velocidade.

O mesmo aconteceria em um leve declive: o motorista pode tirar completamente o pé do acelerador e provocar o corte da injeção, permitindo uma redução na velocidade. Se fosse o piloto automático descendo a ladeira, ele deixaria o motor funcionando para não perder velocidade, gerando um consumo maior.

O oposto ocorreria se o motorista que serve como referência for do tipo que acelera o veículo de forma mais abrupta. Em uma condição normal de tráfego rodoviário, ele certamente utilizaria o acelerador e o freio de forma mais intensa. Nesse caso, o piloto automático seria mais econômico.

FONTE: Quatro Rodas
TEXTO: Redação

Comments are closed.