Carro voador chinês pode ser o primeiro a ser comercializado normalmente
6 de outubro de 2018 – 16:34 | Comentários desativados

A corrida em busca de produzir o primeiro carro voador comercialmente viável pode estar perto de ter um vencedor: é a Terrafugia, uma empresa chinesa que já desenvolve seu veículo com asas chamado Transition há …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Petrobras, Williams e Mercedes trabalham no combustível 2015

Submitted by on 4 de setembro de 2014 – 11:07No Comment

02

O gerente de patrocínio esportivo da Petrobras, Claudio Thompson, falou sobre os bastidores da volta da empresa à Fórmula 1 nessa terça-feira (2) no VIII Fórum de Marketing Esportivo de Resultados, organizado pela Associação Brasileira de Anunciantes (ABA). Em fevereiro deste ano, a Petrobras e a equipe Williams assinaram um contrato de parceria tecnológica.

“O objetivo principal de todos os nossos projetos de esporte motor é testar combustíveis e lubrificantes desenvolvidos com o objetivo de melhorar os produtos que o consumidor usa no dia a dia. E também, principalmente com a Fórmula 1, podermos estar atualizados com o que há de melhor em tecnologia de produtos automobilísticos no mundo. A própria gasolina Podium e, mais recentemente, a gasolina Petrobras Grid são exemplos”.

A Williams e a Petrobras têm uma história de colaboração tecnológica desde 1998, ano em que a equipe começou a usar o combustível da companhia. A parceria durou 11 anos. Segundo o gerente, mesmo fora de uma equipe da Fórmula 1 durante cinco anos, a empresa continuou sendo uma das mais lembradas pelos consumidores.

Para ilustrar esse dado, Thompson mostrou uma pesquisa feita em abril de 2014. A Petrobras aparece como uma das mais citadas quando se pergunta ao público quais empresas estão ligadas à F1, sobre o desenvolvimento de combustíveis na categoria e, principalmente, quando se pergunta quais combustíveis e lubrificantes estão associados à prova.

O contrato de colaboração técnica entre Petrobras e a Williams permite que as duas partes trabalhem em conjunto com a Mercedes, fornecedora de motores da equipe, para desenvolver novos combustíveis e lubrificantes automobilísticos para uso pela equipe a partir da temporada 2015.

Fonte: Amigos da Velocidade

Comments are closed.