Golf 2019 terá motor 1.0 TSI com Tiptronic, segundo jornal
10 de maio de 2018 – 9:16 | Comentários desativados

O Volkswagen Golf 2019 está bem perto de chegar e já tem estoque sendo formado no pátio de São José dos Pinhais-PR. O hatch médio da marca alemã vai se renovar para manter acesa a …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Motos

Peças de moto deverão ter selo do Inmetro

Submitted by on 7 de abril de 2014 – 16:22No Comment

01

O Inmetro acaba de publicar portaria que determina a certificação de componentes destinados ao mercado de reposição de motocicletas. Estão incluídos itens como escapamentos, correntes de transmissão, coroas e pinhões. O objetivo é fazer com que as peças de reposição atendam a requisitos básicos de segurança, minimizando os possíveis riscos aos motociclistas.

“Outro objetivo é coibir a comercialização de peças de baixa qualidade e segurança”, afirma Leonardo Rocha, chefe da Divisão de Regulamentação Técnica e Programas de Avaliação da Conformidade do Inmetro. A portaria que acaba de ser publicada é a 123, de 19 de março deste ano.

Na prática, fabricantes e importadores devem procurar um órgão credenciado pelo Inmetro para que seus produtos sejam certificados até 19 de setembro de 2015. A partir de 19 de março de 2016, esses fabricantes e importadores devem parar de comercializar o produto que não atenda à regulamentação. Em 19 de março de 2017, todos os produtos no varejo devem estar de acordo com o regulamento.

Segundo o relatório de Evolução da Frota de Automóveis e Motos no Brasil, do Observatório das Metrópoles do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, entre 2001 e o final de 2012, a frota de motocicletas teve um crescimento de 339,5% no país. Hoje são 18.114.464 unidades circulando nas ruas, segundo o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). As estatísticas incluem motocicletas, motonetas, ciclomotores, triciclos e quadriciclos.

Fonte: Carpress

Comments are closed.