O que o Argo pode fazer pela Fiat
23 de junho de 2017 – 14:52 | Comentários desativados

Criado para substituir o Punto, o Bravo e algumas versões do Palio, o hatch produzido em Betim faz parte de uma estratégia que não mira só o volume de vendas, mas principalmente a redução de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Novidades

Para Mercedes, hidrogênio pode ser alternativa aos sistemas híbridos e elétricos

Submitted by on 2 de outubro de 2013 – 10:12No Comment

02

Os híbridos e elétricos plug-in – aqueles recarregados diretamente na tomada – estão cada vez mais “populares”. Tanto em termos de preço, quanto em número de adeptos. Porém, a tendência é que eles não sejam a solução definitiva para a mobilidade urbana. Pelo menos parece ser essa a aposta da alemã Daimler, a empresa controladora de Mercedes-Benz e Smart. A marca se juntou com cinco companhias de petróleo e gás para investir 350 milhões de euros, cerca de R$ 775 milhões, ao longo de 10 anos em uma rede de estações de abastecimento de hidrogênio na Alemanha. A ideia é elevar a quantidade de postos com esse tipo de serviço dos atuais 15 para 400 em 2023. Assim, o país teria um abastecimento de hidrogênio a cada 90 km.

A aposta nestes modelos é baseada principalmente na praticidade. É que, apesar de eles usarem motores elétricos semelhantes aos utilizados atualmente, a recarga das baterias é feita por uma reação química proveniente da quebra do hidrogênio líquido. Assim, é preciso apenas abastecer o tanque com o fluido e usar o carro normalmente, sem precisar de constantes recargas na tomada. A autonomia, por sinal, é semelhante a um automóvel com motor a combustão comum. A Daimler pretende vender dentro de cinco anos um modelo movido a célula de hidrogênio pelo mesmo preço de um híbrido-diesel.

Fonte: MotorDream
Foto: Divulgação

Comments are closed.