Salão de Detroit 2019: as novidades que você precisa conhecer
18 de janeiro de 2019 Р12:48 | Comentários desativados em Salão de Detroit 2019: as novidades que você precisa conhecer

Evento re√ļne lan√ßamentos e conceitos que podem vir para o Brasil ou antecipam tend√™ncias do mercado automobil√≠stico.
Acontece, entre os dias 14 e 27 de janeiro, nos Estados Unidos, o Sal√£o de Detroit 2019. Entre conceitos …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Mercado

Os estragos da greve

Submitted by on 14 de junho de 2018 – 16:14No Comment

O estrago causado pela crise no transporte, iniciada em maio e ainda sem solu√ß√£o, fica mais claro a cada nova not√≠cia positiva sobre a evolu√ß√£o da economia em abril, o m√™s anterior √† paralisa√ß√£o dos caminh√Ķes. Ao p√īr em xeque o governo e toda a atividade produtiva, os transportadores interromperam um movimento de recupera√ß√£o iniciado depois de um primeiro trimestre decepcionante. A expans√£o das vendas no varejo, divulgada ontem, confirma a tend√™ncia j√° indicada pelo desempenho da ind√ļstria, com produ√ß√£o 0,8% maior que a de mar√ßo, 8,9% superior √† de abril de 2017 e crescimento de 3,9% acumulado em 12 meses. No conjunto mais amplo do varejo, todos os grandes componentes tiveram resultado positivo na passagem de mar√ßo para abril. N√£o se via esse desempenho desde 2012, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE).

As vendas no varejo restrito tiveram aumento mensal de 1% em abril e superaram por 0,6% as de um ano antes. No quadrimestre foram 3,4% mais volumosas que as de janeiro a abril de 2017. O crescimento em 12 meses bateu em 3,7%. Incluídos carros, motos e componentes e também material para construção se obtém o varejo ampliado. Nesse caso, o aumento mensal foi de 1,3%. Houve ganho de 8,6% em relação a um ano antes, de 7,4% no confronto dos quadrimestres iniciais e de 7% em 12 meses.

As compara√ß√Ķes interanuais e os volumes acumulados em 12 meses confirmam a tend√™ncia de crescimento observada a partir do come√ßo do ano passado ‚Äď pelo menos at√© abril. Mesmo com oscila√ß√Ķes de um m√™s para outro, √© clara a trajet√≥ria ascendente quando a base de compara√ß√£o est√° a pelo menos um ano de dist√Ęncia. Esse movimento √© evidenciado tamb√©m pelos n√ļmeros da ind√ļstria. A produ√ß√£o do primeiro quadrimestre foi 4,5% maior que a do per√≠odo correspondente de 2017. O avan√ßo foi de 3,9% no confronto dos 12 meses findos em abril com os 12 imediatamente anteriores.

Os primeiros efeitos da crise no transporte rodovi√°rio j√° apareceram em alguns dados da atividade industrial de maio. A produ√ß√£o das montadoras de ve√≠culos, at√© abril em firme recupera√ß√£o, caiu 20,2% de um m√™s para outro e 15,3% em rela√ß√£o a maio de 2017. A perda mensal apontada no relat√≥rio oficial da associa√ß√£o das montadoras foi de 53,8 mil unidades. Mas esse n√ļmero s√≥ tem sentido quando a base de compara√ß√£o √© o resultado de abril. Quando se considera a tend√™ncia de crescimento observada at√© o m√™s anterior, percebe-se um preju√≠zo muito maior, estimado entre 70 mil e 80 mil pelo presidente da organiza√ß√£o.

O setor automobil√≠stico vinha liderando a recupera√ß√£o industrial e contribuindo de forma importante para a reativa√ß√£o das vendas ao consumidor. Essa contribui√ß√£o explica boa parte da diferen√ßa entre a expans√£o do varejo restrito e a do varejo ampliado. Em abril, por exemplo, as vendas de autos, motos e componentes foram 36,5% maiores que a do mesmo m√™s do ano anterior. Os n√ļmeros do com√©rcio relativos a maio devem mostrar danos severos causados pela interrup√ß√£o do transporte rodovi√°rio. Nesse m√™s, 25 mil ve√≠culos deixaram de ser licenciados, segundo o presidente da Associa√ß√£o Nacional dos Fabricantes de Ve√≠culos Automotores (Anfavea), Antonio Megale.

A crise no transporte provocou uma crise de abastecimento e a extensão dos danos aparecerá no próximo levantamento, comentou a gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE, Isabella Nunes. Mas a perda, segundo ela, será um ponto atípico, fora da série, indicativo de um evento singular. Se essa avaliação estiver correta, a trajetória de recuperação será retomada em pouco tempo. Terá havido danos, mas transitórios.

√Č cedo, no entanto, para formular essa previs√£o com um m√≠nimo razo√°vel de seguran√ßa. A extens√£o real dos estragos √© desconhecida e, al√©m disso, ainda h√° dificuldades para a contrata√ß√£o de transportes. Ontem o governo continuava negociando a formula√ß√£o de uma tabela de fretes, a terceira, porque outras duas haviam sido rejeitadas por alguma parte interessada. A crise continuava, portanto, e os estragos se multiplicavam.

Texto: redação

Fonte: opiniao.estadao.com.br

Portal Rod√£o

Comments are closed.