Conhe√ßa a moto feita ‘quase completamente’ por uma impressora 3D
7 de dezembro de 2018 – 12:19 | Coment√°rios desativados em Conhe√ßa a moto feita ‘quase completamente’ por uma impressora 3D

Chamada de Nera, a motocicleta tem chassi, carenagens e até pneus feitos pelo sistema. Apenas motor e parte elétrica são produzidos de maneira convencional.
A ideia de criar diversos objetos com o uso de uma impressora …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Motos

Nova moto urbana da Suzuki, Inazuma 250 chega por R$ 15.900

Submitted by on 6 de maio de 2014 – 13:20No Comment

07

A Suzuki revelou nesta segunda-feira (5) o valor da in√©dita Inazuma 250, que chega √†s lojas at√© o final do m√™s. Apresentada no Sal√£o Duas Rodas 2013, a moto custar√° R$ 15.900 no pa√≠s e ser√° op√ß√£o para competir com modelos urbanos com cilindrada na faixa de 250/300 cc. In√©dita no pa√≠s, a moto possui motor bicil√≠ndrico de 248 cm¬≥ com refrigera√ß√£o l√≠quida e alimentado por sistema de inje√ß√£o eletr√īnica.

Seu visual é inspirado na B-King, moto naked de 1.300 cilindradas da marca japonesa, o que faz a Inazuma parecer ser uma moto maior. No Salão de Xangai 2013, também foi revelada uma versão carenada da moto, parecida com Bandit 650S e 1250S, ainda não confirmada para o Brasil.

Apesar de uma configuração com motor de dois cilindros, a Inazuma chega para competir com modelo de moto monocilíndricos, na faixa de 250/300 cc de cilindrada, como Honda CB 300R, Yamaha Fazer 250 e Dafra Next 250. Como opção de dois cilindros, a Kasinski oferece a Comet 250.

A Inazuma conta com transmissão de seis velocidades e seu propulsor é capaz de gerar 24,48 cavalos de potência a 8.500 rpm e 2,24 kgfm a 6.500 rpm. O preço sugerido na Itália é de 3.990 euros.
Na China, moto chama GW 250

A apresentação mundial da moto ocorreu em 2011, na China, onde o modelo é chamado de GW 250. Na ocasião, a empresa divulgou que a Inazuma seria produzida pela Haojue, empresa que possui parceria com a Suzuki na China, para ser distribuída para Europa, Indonésia, América Central e América do Sul.

Por aqui, a Suzuki nacionalizou a Inazuma, com montagem e parte da produção em Manaus (AM). Porém, a empresa não especifica quais itens são brasileiros Рpartes da moto chegarão de China, Japão e Taiwan.

Fonte: G1
Foto: Raul Zito/G1

Comments are closed.