Hyundai HB20 R spec Limited oferece detalhes exclusivos por R$ 65 mil
17 de janeiro de 2018 – 9:49 | Comentários desativados

Uma semana após ter sido mostrado em teasers, o novo Hyundai HB20 R spec Limited acaba de ser anunciado de forma oficial. O novo modelo chega como a edição especial da linha do hatch compacto, …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Curiosidades

Nissan Note deve sair de cena diante do Novo Micra

Submitted by on 7 de outubro de 2016 – 14:03No Comment

Nissan-Note

O Nissan Note ficou na mira do Novo Micra. O compacto de estilo próximo ao do Honda Fit – um rival natural – deve sair de cena no próximo ano, de acordo com a revista inglesa Autocar. O monovolume deixará a linha de montagem em Sunderland para que o novo hatch seja feito.

Segundo Jim Wright, diretor da Nissan Reino Unido, o Note “vai continuar por enquanto, mas vai ser extinto quando o Novo Micra entrar em produção. Não há prazo para isso no momento.”

Wright explicou que não há como manter três modelos na gama de entrada, visto que o Micra anterior – nosso March – estava posicionado abaixo do Note e com o novo carro a situação ficaria difícil.

A intenção da Nissan é manter apenas dois carros no segmento B, sendo eles o Novo Micra e o Novo Juke. Os demais serão cortados. A proposta da marca japonesa é reduzir os custos de produção e manter o lineup mais equilibrado, oferecendo carros de melhor qualidade por um preço equivalente.

Desde seu lançamento em 2005, quando ainda compartilhava a plataforma com o Renault Modus, as vendas do Note vêm despencando no mercado europeu, caindo de 153 mil naquele ano para 66 mil em 2015.

A segunda geração fez bem ao Note, tanto em termos de espaço quanto em design, convertendo o modelo em um verdadeiro “anti-Fit”. Tamanha foi sua boa recepção, que chegou a ser especulado para comercialização no Brasil, onde poderia ter ficado acima do March.

O Note também é oferecido nos EUA, algo impensável em comparação com a geração anterior, que também foi fabricado em Oppama, Japão. Apresentado como conceito em 2004, o compacto foi feito na primeira geração até 2013.

Logo após, surgiu a atual, bem mais equilibrada e global, que também é feita em Aguascalientes, México (daí a chance de ter sido vendido no Brasil), além de Kyushu, Japão. A plataforma, antes a B do Tiida, agora é a V do March, o que possibilitaria inclusive uma eventual produção nacional.

Como será substituído na Europa, é provável que o Note continue por mais algum tempo no México, atendendo mercado latino-americanos e também os EUA, embora o Novo Micra (March) possa ser assumir seu lugar em Aguascalientes, batendo de frente com o Fiesta no mercado americano. No Japão, por exemplo, já circula em testes uma versão híbrida do compacto (foto acima), indicando que ele ainda tem vida pela frente.

Novo Versa

Depois do Novo Micra, a Nissan deve lançar um equivalente de três volumes, que assumirá o lugar do Versa atual em alguns mercados. Seu nome poderá ser Almera ou Sunny, dependendo da região, além do próprio Versa, no caso brasileiro, por exemplo.

O novo sedã deverá ter um visual mais agressivo, sofisticado e especialmente atraente, bem diferente da proposta atual. O entre eixos de 2,60 m pode ser mantido, mas para não ficar muito grande e por conta do desenho, seu porta-malas de 460 litros não deve crescer. Aliás, o próprio tamanho do Versa pode ser diminuído com essa mudança. Hoje ele tem nada menos que 4,49 m.

Para ilustrar bem essa proposta, Theophilus Chin fez uma projeção do que do próximo Almera – nome usado pelo Versa em alguns países do Sudeste Asiático – onde o sedã aparece com um visual bem interessante, mas ao contrário do atual, com traseira curta e elevada.

Se vier como nesta projeção, o Novo Versa ganharia muitos clientes apenas pelo visual. Na parte mecânica, o trio europeu – 1.5 dCi de 90 cv, 0.9 Turbo com 90 cv e 1.0 de 73 cv – seria naturalmente substituído por 1.6 de 111 cv, 1.2 com 79 cv ou 1.2 Turbo de 98 ou 114 cv, o que não seria nada ruim.

TEXTO: Redação
FONTE: Noticias Automotivas

Comments are closed.