Toyota Yaris sedã começa a chegar às concessionárias
12 de julho de 2018 – 8:51 | Comentários desativados

 Configuração sedã do Yaris começou a ser fabricada na semana passada e já chegou a concessionárias da marca no país
O Toyota Yaris sedã já começou a chegar às concessionárias da marca, de acordo com informações …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Mercado

Nissan garante cinco carros na linha elétrica EV

Submitted by on 3 de setembro de 2013 – 11:11No Comment

01

Ao contrário do que alguns pensavam, a Nissan confirmou que continuará investindo em carros elétricos. A fabricante japonesa garantiu que vai expandir sua linha EV para cinco modelos. Até agora já foram confirmados três modelos na lista: o hatch Leaf; um Infiniti, em uma versão sedã e mais luxuosa do Leaf; e a versão elétrica da NV 200, recém lançada van compacta de carga. A Nissan não anunciou quais seriam os outros dois modelos e também não deu previsão para fazê-lo, pois garante que está tendo uma visão a longo prazo do mercado de EV, que evolui em ritmo lento.

Segundo a vice-presidente senior do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Nissan das Américas, Carla Bailo, o anúncio dos outros dois virá no seu devido tempo. Ela disse ainda que a marca pretende usar carga indutiva – tecnologia avançada que permite carregar sem fio as baterias de carros elétricos na linha EV. O sistema funciona simplesmente ao estacionar o carro elétrico sobre um tapete de carregamento.”Uma vez que a tecnologia estiver pronta, vamos usá-lo em todos os nossos modelos”, garantiu Bailo.

Apenas o Leaf chegou ao mercado até agora, após três anos de divulgação da linha EV. A empresa gastou 1,8 bilhão de dólares – o equivalente a R$ 4,24 milhões – em uma fábrica nos Estados Unidos, que começou a produzir, em janeiro, com capacidade para até 150 mil Leafs e 200 mil baterias por ano

A produção da van elétrica NV 200 tem previsão para começar ainda no fim deste ano, inicialmente voltada para o mercado europeu. Já o Infiniti EV terá sua elaboração adiada, de acordo com o presidente da marca, Johan de Nysschen, pois preferiram esperar pelas melhorias na tecnologia do carregamento indutivo.

Fonte: David Sharp / MotorDream
Foto: Divulgação

Comments are closed.