Nova Honda CRF 450L é moto de trilha para rodar na rua
29 de maio de 2018 – 10:43 | Comentários desativados

Versão amansada da CRF 450R de motocross encara o off-road pesado, mas também é homologada para uso nas estradas
A Honda apresentou a nova CRF 450L nos Estados Unidos e na Europa com uma proposta interessante. …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Mercado

Mulsanne Speed é o Bentley mais caro da história; conheça

Submitted by on 3 de outubro de 2014 – 11:22No Comment

07

A montadora britânica Bentley, conhecida por veículos que aliam conforto e luxo, está movendo-se para a faixa de carros rápidos e ultraluxuosos com uma nova versão de seu principal sedã, buscando abocanhar uma fatia maior de um mercado que deve dobrar de tamanho até 2018.

A marca de 95 anos de existência, cujos clientes incluem a rainha Elizabeth II e o sultão de Brunei, está usando o Salão de Paris 2014 neste mês para lançar o Mulsanne Speed com o slogan “a mais rápida experiência de condução ultraluxuosa do mundo”.

A 324 mil euros (cerca de R$ 1 milhão), o modelo é o Bentley mais caro da história, equipado com um motor de oito cilindros com um novo sistema de combustão que lhe permitirá chegar a 100 km/h em 4,9 segundos e entregar uma velocidade máxima de 305 km/h.

O lançamento faz parte de uma diversificação que também vai ver o braço de negócios detido pela Volkswagen entrar no segmento de utilitários esportivos (SUVs) de luxo em 2016.

A expansão não é um movimento novo. Na verdade, o presidente-executivo da Bentley, Wolfgang Duerheimer, pode estar tentando replicar o sucesso que teve como chefe de pesquisa e desenvolvimento da marca de luxo Porsche, da Volkswagen, estendendo a linha de carros esportivos de dois lugares para abarcar SUVs e coupés.

As entregas de carros ao preço de 120 mil euros ou mais pode quase dobrar para cerca de 133 mil veículos em 2018 ante 70 mil no ano passado, conforme os rankings de super ricos nos Estados Unidos e China continuam a crescer, de acordo com a empresa de análise IHS Automotive.

Fonte: Reuters / G1
Foto: Reuters/Jacky Naegelen

Comments are closed.