Toyota divulga imagens de sua nova frota de carros elétricos
11 de junho de 2019 – 9:24 | Comentários desativados em Toyota divulga imagens de sua nova frota de carros elétricos

A montadora anunciou seus planos para um futuro de carros elétricos e divulgou as primeiras imagens de sua nova frota sustentável, que será lançada globalmente em 2025.
A Toyota foi uma das percursoras na adoção de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Indústria

Motores a diesel atuais poluem 20% menos do que os de 10 anos atrás

Submitted by on 28 de março de 2014 – 11:44No Comment

11

Carros com motores movidos a diesel são normalmente lembrados como grandes poluidores, principalmente na comparação quando o mesmo modelo tem gasolina ou outro tipo de combustível em seu tanque. Porém, segundo levantamento feito pela Associação dos Construtores de Motores do Reino Unido, atualmente o desenvolvimento de novas tecnologias levou a produção e utilização de unidades com emissões de poluentes mais baixas já vista.

No Reino Unido, local onde foi feita a pesquisa, o resultado aponta para uma diminuição de 21% na emissão de poluentes como o dióxido de carbono de 2003 até hoje, ao mesmo tempo em que aumentou 27% à eficiência no consumo de combustível.

Segundo o levantamento, a média de dióxido de carbono emitido por um carro caiu para 128.3 gramas por quilometro rodado, quase 30% menos do que o medido em 2000, marcando também a primeira vez que este número é inferior à marca de 130 gramas por quilômetro rodado. Para ter uma ideia do que estes números representam um Ford Escape, por exemplo, com motor a gasolina produz 179 gramas de CO2/km, isso com um motor 1.6 litro de quatro cilindros EcoBoost.

Em entrevista ao site HybridCars.com, o Presidente da Bosch no Reino Unido, Peter Fouquet, falou. “Os motoristas hoje se beneficiam de carros a diesel muito mais limpos em relação ao que tínhamos dez anos atrás. Com as vendas aumentando, estamos focados em inovar constantemente em novas tecnologias que ajudarão a diminuir ainda mais as emissões dos carros e o custo para operá-los”, encerra Fouquet.

Fonte: Quatro Rodas

Comments are closed.