Conheça a moto feita ‘quase completamente’ por uma impressora 3D
7 de dezembro de 2018 – 12:19 | Comentários desativados em Conheça a moto feita ‘quase completamente’ por uma impressora 3D

Chamada de Nera, a motocicleta tem chassi, carenagens e até pneus feitos pelo sistema. Apenas motor e parte elétrica são produzidos de maneira convencional.
A ideia de criar diversos objetos com o uso de uma impressora …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Meta da Williams é o vice-campeonato de construtores em 2014

Submitted by on 22 de julho de 2014 – 10:18No Comment

01

O bom desempenho do modelo FW36 da Williams nas últimas provas do campeonato está animando os britânicos mas, também, surpreendeu o corpo técnico e a cúpula da escuderia. A evolução do time depois de temporadas medíocres nos últimos anos, obviamente, era o principal objetivo. Mas poucos esperavam resultados em tão pouco tempo.

“Quando tive o primeiro contato com a equipe ficou muito claro que os recursos eram suficientes para voltar ao lugar que deveria ocupar. Eu não esperava que fosse tão rápido, por isso esse desempenho é um pouco surpreendente, mas é um problema bom de se ter, para falar a verdade”, disse Rob Smedley – engenheiro de performance.

“Prefiro que seja assim a levar três anos a mais do que esperávamos para ver o carro competitivo. Estamos provavelmente seis meses, talvez nove, à frente de onde eu achava que estaríamos”, avaliou. “Não acho que temos o segundo carro mais rápido do grid por acidente. Eu não acho que estamos em terceiro no campeonato por acidente”.

Olha o vice – “O principal é continuar desenvolvendo o carro e manter a performance dessas últimas corridas”, comentou Rob Smedley – que agora vê o vice-campeonato entre as escuderias possível. Após o GP da Alemanha, no último domingo, a Williams assumiu a terceira posição geral na tabela de classificação.

A Mercedes lidera a temporada com 366 pontos. A Red Bull tem 188 pontos e a segunda posição. A Williams soma 121 pontos e está a 67 pontos da escuderia austríaca.

“Nossa meta, agora, é perseguir a Red Bull. Sim”, disse Smedley referindo-se ao 2º lugar no Mundial de Construtores. “Acho que vamos dar um passo importante em Budapeste (Hungria), depois vamos para Spa (Bélgica) e Monza (Itália), que são circuitos que são melhores para nosso carro, então não vejo razão para não acreditar nisso”, analisou.

Fonte: Amigos da Velocidade

Comments are closed.