A indústria automotiva reserva importantes lançamentos para o segundo semestre, como o VW Polo
18 de agosto de 2017 – 15:03 | Comentários desativados

Entre os principais lançamentos programados para os próximos meses estão o novo Volkswagen Polo, o sedã derivado do Fiat Argo, o Chevrolet Equinox e algumas reestilizações
Principalmente depois da divulgação do preço atraente, muitos consumidores aguardaram …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Novidades

Mercedes-Benz vai exibir o Benz Prinz Heinrich de 1910 nos EUA

Submitted by on 9 de agosto de 2013 – 11:00No Comment

16

A Mercedes-Benz Classic marcará sua presença no tradicional Concours d’Élégance de Pebble Beach, este ano, com a exibição um Benz “Prinz Heinrich” 1910. Restaurado pela Mercedes-Benz Classic, o veículo é considerado um dos primeiros carros verdadeiramente esportivos já fabricados. Outro automóvel que também estará exposto no evento é o Benz 24/40 hp landaulet 1907.

O Concours d’Élégance de Pebble Beach é realizado no estado americano da Califórnia e acontece tradicionalmente no terceiro domingo de agosto. O clássico evento, que acontece no 18º “green” do campo do Pebble Beach Golf Links, é uma das exposições de carros clássicos mais prestigiosas do mundo.

O Prinz Heinrich Benz representante dos primeiros anos das corridas de automóvel nos Estados Unidos. Com mais de 100 anos de idade, o veículo inovou com tecnologias que até hoje são utilizadas, como a dupla ignição e quatro válvulas por cilindro.

O carro esteve na competição “Prince Heinrich Fahrt”, batizada em honra do irmão do imperador da Alemanha, era uma das mais importantes corridas de automóveis realizadas na Europa. O “Kaiserlicher Automobil-Club” (Clube Imperial de Automobilismo Alemão) realizou o evento entre 1908 e 1910, permitindo a participação apenas de veículos de produção com quatro lugares, o que vetava totalmente os carros de corrida.

Para a prova de 1910, — que foi realizada entre os dias 2 e 8 de junho, cobrindo uma distância total de 1.945 quilômetros de Berlim a Bad Homburg vor der Höhe, em Hesse, e passando por Brunswick, Kassel, Nuremberg, Stuttgart, Strasbourg e Metz — foram construídos dez carros de passeio especiais inteiramente novos. Quatro deles tinham motores de 5,7 litros, enquanto os outros seis usavam motores com 7,3 litros. Todos eram equipados com eixo cardã e possuíam carrocerias aerodinâmicas, com uma traseira alongada característica.

Por isso, o veículo especial Benz verde escuro, com o número 38 usado na competição, é considerado por muitos historiadores como o primeiro veículo verdadeiramente esportivo já fabricado. Ele é um dos dois únicos veículos no mundo construídos pela Benz para a Prince Heinrich Tour de 1910 que sobreviveram em sua forma original desde a corrida, há mais de cem anos.

O veículo da coleção da Mercedes-Benz Classic foi 11º colocado na prova e, no mesmo ano, participou também da Tsar Nicholas Tour. Até hoje, o carro mantém o mesmo motor modificado, com cilindrada reduzida para 5,4 litros, de 80 cavalos, com que foi equipado para essa corrida na Rússia. Ele atinge velocidade máxima de 126 km/h.
Iandaulet 1907

O segundo veículo a ser apresentado pela Mercedes-Benz Classic em Pebble Beach é um landaulet Benz 24/40 hp. O modelo 24/40 hp foi produzido na Benz na primeira década do século como parte de uma série completa de novos produtos com motores de 28, 35, 40 e 45 hp (21, 26, 29 e 33 kW). Todos eles apresentavam uma série comum de características técnicas, como os motores com os quatro cilindros fundidos em dois pares.

O eixo de comando de válvulas posicionado lateralmente era acionado por engrenagens. Duas velas por cilindro recebiam
corrente da ignição por magneto e a transmissão com quatro marchas era operada por um mecanismo deslizante. Apesar de ser oferecido opcionalmente com sistema de transmissão por eixo cardã, o exemplar do 24/40 hp da coleção da Mercedes-Benz Classic tem a força do motor transmitida às rodas traseiras por correntes.

Como era comum na época, havia diferentes variações de carroceria, entre elas uma versão landaulet, em que o espaço do motorista era aberto, com pouca proteção, enquanto damas e cavalheiros podiam se proteger da inclemência do tempo abrigados sob um teto conversível bem isolado. O veículo da coleção da Mercedes-Benz Classic foi vendido, logo após fabricado, para um proprietário na região sul da província de Buenos Aires, na Argentina, e lá permaneceu rodando até 1966. O modelo atinge velocidade máxima de 80 km/h.

Fonte: G1
Foto: Divulgação

Comments are closed.