Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador
13 de setembro de 2019 – 14:45 | Comentários desativados em Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador

Estande da BMW no Salão de Frankfurt dá spoilers sobre as novas gerações do Série 4, além de novidades para o nicho dos SUV-cupê e um novo carro elétrico.
Uma das atrações da BMW  no Salão …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Novidades

Mercedes-Benz mudará nomes de seus carros a partir de 2015

Submitted by on 11 de novembro de 2014 – 10:27No Comment

08

A Mercedes-Benz anunciou nesta terça-feira (11) que adotará uma nova estratégia para nomear seu modelos a partir de 2015, com objetivo de simplificar as “classes” e identificar o tipo de propulsão mais claramente aos clientes.

O novo sistema utilizará de 1 a 3 letras maiúsculas para designar o modelo e a categoria, enquanto uma letra minúscula dirá o tipo de motor. Por exemplo, o utilitário derivado da Classe C, atualmente chamado de GLK, vai trocar a última letra e será GLC.

A mesma inicial GL aparecerá em toda a linha de SUVs da marca. Assim, a atual ML, passará a ser GLE, combinando a sigla dos utilitários “GL” com a Classe E, da qual faz parte.

Para os cupês, a nomenclatura segue a mesma linha, com as duas primeiras letras sendo “CL” e a terceira sendo a “classe”, como já é feito para o CLA e o CLS, da família “A” e “S”, respectivamente. Todos os “roadsters” começarão com “SL” a partir de 2016, o que transformará a SLK em SLC.

As versões com diferentes tipos de propulsão terão apenas uma letra minúscula após o nome. Os motores a diesel serão identificados pela letra “d” (agora são BlueTEC ou CDI), enquanto os elétricos serão apenas “e”, em vez de Plug-in Hybrid ou Electric Drive).

Os híbridos levarão a letra “h” e os movidos por células de hidrogênio ficarão com o “f”, de “fuel cell” – os motores tradicionais a gasolina continuam sem a necessidade de identificação. De acordo com a Mercedes-Benz, cerca de 30 modelos novos serão lançados até 2020, com 11 deles sem precedentes na linha, o que tornaria os nomes confusos.

Mercedes-Maybach
Além da nova estratégia de nomeclatura, a empresa lançou uma submarca de luxo, trazendo para dentro do mundo Mercedes a ex-marca Maybach, que deixou de existir no final de 2012, após breve “renascimento” que durou 10 anos. O primeiro modelo a trazer o sobrenome será o Mercedes-Maybach Classe S.

A ideia é dar a opção de mais luxo e requinte aos clientes que preferem o conforto, assim como a Mercedes-AMG faz para aqueles que aspiram esportividade. Desse modo, o Mercedes-Maybach Classe S será maior, mais espaçoso e terá mais niveis de customização de acabamento.

Fonte: G1
Foto: Divulgação

Comments are closed.