Toyota testará carro ‘falante’ e autônomo até 2020
17 de outubro de 2017 – 11:54 | Comentários desativados

A Toyota Motor disse nesta segunda-feira (16) que começará a testar um carro elétrico autônomo em torno de 2020, o modelo usará inteligência artificial (IA) para interagir com os motoristas.
O carro, cujo modelo conceito foi …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Massa: Testes de Kubica e Di Resta não serão conclusivos

Submitted by on 5 de outubro de 2017 – 14:37No Comment

 

f1-malaysian-gp-2017-felipe-massa-williams-fw40-and-lance-stroll-williams-fw40-battle-5779311

Brasileiro não crê que treino prometido a polonês e escocês possam ser parâmetro para Williams escolher piloto de 2018

Para Felipe Massa, testar Robert Kubica e Paul di Resta não será parâmetro para a WIlliams selecionar o companheiro de Lance Stroll para o próximo ano. Os pilotos disputam com o brasileiro a segunda vaga de piloto no time britânico no ano que vem.

Di Resta e Kubica terão testes com o chassi de 2014 da Williams, que foi usado no programa de aclimatação de Stroll à F1. Os testes serão entre o GP do Japão deste fim de semana e a próxima corrida, nos Estados Unidos.

Massa argumentou que um teste em um carro mais antigo não será representativo.

“Eu acho que isso não muda nada para mim”, disse Massa quando perguntado sobre os testes de Di Resta e Kubica.

“A Williams sabe 100% o que posso dar para a equipe. Se você faz um teste com um carro que é quatro anos mais novo, é completamente diferente. Você não pode avaliar demais.”

O brasileiro também insistiu que ele está “bastante relaxado” em relação ao seu futuro na F1.

“Estou gostando de fazer o melhor que posso nas últimas corridas deste ano, e não sei o que vai acontecer no próximo ano”, disse Massa.

“Eu estou bastante ansioso para fazer outra temporada. Eu acho que poderia fazer isso de uma ótima maneira. Acho que posso dar muito à equipe, como eu já dei.”

“Mas eu não decido, a equipe decide. Eu dei muito para a equipe e para a F1 também. Mas se as pessoas estão felizes, eu ficarei.”

Massa reiterou que prefere saber seu futuro antes do GP do Brasil, no próximo mês.

Na temporada passada, a torcida em Interlagos celebrou a carreira de Massa naquela que todos esperavam que fosse sua penúltima corrida de F1. No entanto, com a ida de Valtteri Bottas para a Mercedes, a Williams pediu a ele que adiasse sua aposentadoria.

“Nós não temos um prazo”, disse Massa. “Definitivamente, acho que será bom para a equipe, e também para mim, se soubermos o que acontecerá antes da corrida no Brasil”.

“Vamos ver se isso é possível, mas esperamos que sim”.

Texto: Matt Beer

Fonte: Motorsport.com

Rodão

Comments are closed.