Toyota Yaris sedã começa a chegar às concessionárias
12 de julho de 2018 – 8:51 | Comentários desativados

 Configuração sedã do Yaris começou a ser fabricada na semana passada e já chegou a concessionárias da marca no país
O Toyota Yaris sedã já começou a chegar às concessionárias da marca, de acordo com informações …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Dicas

Manuais dos carros recomendam uso de aditivada

Submitted by on 17 de novembro de 2014 – 10:38No Comment

04

Você ainda tem dúvida se pode ou não usar gasolina aditivada? Então tire uns minutos para ler com atenção o manual do proprietário do seu carro. Todas as montadoras deixam claro que o combustível com aditivos pode ser usado sem nenhuma restrição. Algumas ainda indicam com todas as letras para abastecer com aditivada para manter o motor limpo.

Apesar da falta de informação de alguns mecânicos e vendedores de concessionárias, as fabricantes de automóveis indicam nos manuais o uso de aditivada desde o carro zero quilômetro. A forma de escrever muda um pouco de marca para marca, mas geralmente nos manuais aparecem as seguintes opções para abastecimento: gasolina tipo C (comum), aditivada (que é a C com aditivos) e o etanol (nos veículos Flex).

Por erro de interpretação das concessionárias ou por traduções mal feitas dos manuais de alguns carros importados, criou-se um mito de que a gasolina aditivada não seria recomendada para carros novos. O que aconteceu foi um mal entendido. No Brasil, uma resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) obriga um teste para homologação dos automóveis. Esse teste é feito com gasolina comum e essa informação consta nos manuais. Isso não quer dizer, porém, a obrigatoriedade de abastecer somente com comum.

Benefícios

Algumas montadoras destacam nas instruções aos motoristas os benefícios do uso da aditivada, como no manual de uma marca importada. “A gasolina aditivada distingue-se da comum tipo C por receber aditivos com propriedades detergentes e dispersantes. Desta forma, evita-se a formação de corrosão e depósitos no sistema de alimentação de seu automóvel, permitindo sempre um bom fluxo de combustível ao longo do tempo”.

Com outras palavras, esta marca que produz veículos no Brasil dá a mesma recomendação em um dos seus lançamentos. “O uso de gasolina aditivada é recomendado, pois garante a limpeza do sistema de combustível e do motor, minimizando a formação de depósitos e otimizando o desempenho do motor ”.

Não há mais motivo para confusões ou mal entendidos. Gasolina aditivada pode e deve ser usada em todos os carros desde novos. Se alguém falar o contrário, puxe o manual do proprietário e mostre com todas as letras.

Fonte: G1

Comments are closed.