Toyota Yaris sedã começa a chegar às concessionárias
12 de julho de 2018 – 8:51 | Comentários desativados

 Configuração sedã do Yaris começou a ser fabricada na semana passada e já chegou a concessionárias da marca no país
O Toyota Yaris sedã já começou a chegar às concessionárias da marca, de acordo com informações …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Motos

Mais vendida do segmento, Honda Bros evolui para 160

Submitted by on 11 de novembro de 2014 – 10:24No Comment

03

A Honda apresentou nesta segunda-feira (10) a inédita NXR 160 Bros, que substituirá o modelo 150. Custando a partir de R$ 9.350, a moto será produzida em Manaus e tem previsão de chegar às lojas do Brasil em fevereiro de 2015 com novo motor flex de 160 cc.

A atual Bros 150 é líder do segmento trail, de motos de uso misto no Brasil, com cerca de 14 mil unidades por mês e integra o top 5 de vendas gerais de motos. Esta renovação do modelo foi anunciada no mesmo ano em que a Yamaha lançou a XTZ 150 Crosser para concorrer com o modelo da Honda.

De acordo com a fabricante japonesa, quando a Bros 160 começar a ser vendida, a 150 sairá de linha, porém, a Bros 125 continuará no mercado.

VEJA PREÇOS:
Honda Bros ESD (freio a disco na dianteira ): R$ 9.350
Honda Bros ESDD (freio a dicso na dianteira e traseira): R$ 9.650

Com as novidades, a Bros terá aumento de cerca de R$ 300. Atualmente, a versão ES (freio a tambor) é vendida por R$ 9.050 e a ESD (freio a disco na dianteira ) custa R$ 9.350.

Mudanças

Com o aumento da cilindrada do novo motor para 162,7 cc, a potência máxima passou de 13,8 cavalos a 8.000 rpm para 14,5 cavalos a 8.500 rpm, quando comparada a Bros 150. O torque máximo também subiu de 1,53 kgfm a 1,60 kgfm.

De acordo com a empresa, a moto “mantém apenas o nome” do modelo anterior e teve projeto totalmente reestruturado. Na dianteira, uma carenagem está integrada ao farol e ao novo painel de instrumentos digital.

O tanque manteve os 12 litros da versão 150, porém, ganhou visual mais compacto, de acordo com a montadora. Seu assento ficou mais estreito e próximo ao tanque, com altura de 842 mm em relação ao solo, enquanto o guidão ficou mais baixo.

Houve mudança na medida do cáster, que resultou em maior distância entre eixos (3 mm), agora com 1.356 mm. As cores disponíveis são vermelha, preta e branca.
Uma novidade importante é a versão ESDD, com freio a dicso na dianteira e na traseira. Antes, a moto possuía apenas opções com freio a tambor ou apenas dicso na dianteira.

Fonte: G1
Foto: Divulgação

Comments are closed.