Toyota Corolla está mais barato, mas só na versão de entrada
3 de abril de 2018 – 9:22 | Comentários desativados

O Toyota Corolla já está em 2019. Mas tamanha antecipação na mudança de ano/modelo só influenciou nos preços. Enquanto a versão de entrada ficou mais barata, as demais encareceram. A partir de agora a versão …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Honda volta a reclamar da regra dos motores de 2015

Submitted by on 21 de janeiro de 2015 – 13:26No Comment

02

A Honda ainda cobra mais esclarecimentos sobre a regra que liberou os fabricantes de motores do congelamento de desenvolvimento dos mesmos ao longo de uma temporada.

A marca japonesa estava num primeiro momento impedida de mexer nos seus propulsores após 28 de fevereiro, quando teria – junto com suas concorrentes – homologar o motor para 2015. Acontece que Renault, Mercedes e Ferrari, receberam o aval da FIA para poder fazer atualizações ao longo do campeonato.

As três marcas que já estavam atuando em 2014, tem 32 passos de desenvolvimento para aplicar a seus propulsores e do total que restar destes passos, será somado e dividido por três, que será a média de passos que a marca nipônica poderá usar no certame.

No entanto, dias atrás havia surgido a notícia indicando que a Mercedes começaria o ano de 2015 com o motor do ano passado, o que daria a Honda a chance de poder desenvolver mais o seu motor. Dias após, a empresa alemã voltou atrás e resolveu ir para Melbourne com sua especificação de 2015, o que poderia – segundo o jornalista Michael Schmidt, da Auto Motor und Sport -, fazer com que a Mercedes deixasse disponível apenas seis passos de evolução de seu propulsor.

A Honda, de acordo com o jornal espanhol AS, já estaria reclamando da postura das rivais.

“Eles estão pedindo mais esclarecimentos. Eles querem os mesmos 32 passos de desenvolvimento dos outros”, comentou uma fonte ao jornal.

Fonte: Amigos da Velocidade

Comments are closed.