Avaliação: Honda Civic 2018 muda para recuperar terreno
19 de junho de 2018 – 11:45 | Comentários desativados

A linha 2018 do Civic trouxe leves retoques e central multimídia disponível em todas as versões. Tudo para ajudá-lo a vencer a concorrência
Em 2009, comprei um Honda Civic LXS, com o qual fiquei por três …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Mercado

Honda corta estimativa de lucro com impacto de recalls por airbags

Submitted by on 30 de janeiro de 2015 – 13:08No Comment

05

A japonesa Honda Motor diminuiu sua previsão de lucro anual em 6,5%, uma vez que provisionou centenas de milhões de dólares para cobrir um recall estendido para substituir airbags potencialmente defeituosos fabricados pela Takata.

Após o lucro do terceiro trimestre fiscal da companhia cair quase um quarto diante da absorção dos custos do recall, a terceira maior montadora do Japão afirmou que agora projeta um lucro operacional de 720 bilhões de ienes (US$ 6,1 bilhões) para o ano fiscal se encerra em 31 de março.

A previsão anterior era de 770 bilhões de ienes, mas a companhia reservou um extra de 50 bilhões de ienes para cobrir o que disse serem custos relacionados com a qualidade, incluindo os recalls envolvendo airbags da Takata.

Apesar disso, o vice-presidente executivo da Honda, Tetsuo Iwamura, disse que a empresa ainda não estava vendo “um grande impacto sobre as vendas na América do Norte a partir do problema com o airbag”.

Nos três meses encerrados em dezembro, a Honda informou que o lucro operacional caiu 22,5%, para 177,2 bilhões de ienes, ante 228,57 bilhões de ienes no mesmo período do ano anterior.

A cifra ficou abaixo dos 189,11 bilhões previstos pela Thomson Reuters SmartEstimate a partir de uma pesquisa com 10 analistas.

A Honda também disse que agora espera vender um total de 4,45 milhões de carros neste ano fiscal, ante os 4,62 milhões que havia previsto anteriormente, uma vez as vendas no Japão ficaram aquém do seu objetivo original.

Fonte: Reuters / G1
Foto: Caio Kenji/G1

Comments are closed.