Elétrico Nissan Leaf é lançado no Brasil por R$ 195 mil
19 de julho de 2019 – 14:11 | Comentários desativados em ElĂ©trico Nissan Leaf Ă© lançado no Brasil por R$ 195 mil

Valor é R$ 16,5 mil mais caro que o da pré-venda. Modelo foi apresentado no Salão do Automóvel de 2018 e teve 20 unidades vendidas até julho.
A Nissan lançou nesta quinta-feira (18) seu primeiro carro …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Motos

Honda confirma CTX 700N para o mercado brasileiro

Submitted by on 9 de abril de 2014 – 11:27No Comment

09

A Honda confirmou nesta terça-feira (8) que vai ampliar sua linha 700 no Brasil com a CTX 700N. Como o G1 havia adiantado no ano passado, a empresa vai começar a vender a CTX 700N a partir da segunda quinzena de maio no país. Ainda sem preço definido, a moto será importada do Japão.

Utilizando a mesma base da NC 700X, a moto faz uso do motor de sua “irmĂŁ”, um bicilĂ­ndrico de 670 cc, capaz de gerar 52,5 cavalos de potĂŞncia a 6.250 rpm e 6,4 kgfm de torque a 4.750 rpm. Freios ABS sĂŁo de sĂ©rie no modelo.

No Brasil a Honda disponibiliza apenas o câmbio manual de seis marchas para a CTX, deixando de fora a opção com câmbio automático de dupla embreagem presente no exterior. Como é fabricado no Japão, o modelo deve ter preço maior que os R$ 27.490 cobrados pela NC, que é feita em Manaus. Nos Estados Unidos, a CTX custa a partir de R$ 6.999.

De acordo com a empresa, a decisão de produzir o modelo no Brasil no futuro dependerá da receptividade dos consumidores, ou seja, se a moto emplacar em vendas, pode ser produzida no país nos próximos anos. A Honda classifica a CTX como uma moto do segmento cruiser, ou custom, como a Shadow, por exemplo.

No entanto, como divide muitos elementos com a NC 700X e NC 700S, que não é vendida no Brasil, o modelo possui visual mais de uma naked (sem carenagens), do que de uma custom tradicional. O farol dianteiro é idêntico ao da NC 700S, porém, a moto recebeu alterações no restante do conjunto.

Estilo custom
As dimensĂŁo foram modificadas, o que tornou a moto mais longa, chegando a 2.225 mm, com entre-eixos de 1.530 mm.

Para se enquadrar no estilo custom, o modelo também recebeu nova ergonomia, na qual o motociclista vai mais sentado, com as pernas esticadas, e menos montado, como ocorre nas NCs.
Traseira e assento tambĂ©m sĂŁo novos e mais baixos, a CTX 700 ganhou escape maior e mais baixo do que o de suas irmĂŁs. Ao contrário da linha NC, que possui porta-objetos amplo no chamado “tanque-falso” (na NC, o compartimento de combustĂ­vel fica sob o assento), a CTX possui tanque tradicional e sobrou apenas um pequeno porta-objetos acima dele.

CTX 700?
Além da CTX 700N, a família 700 possui a CTX 700, modelo caracterizado por uma proposta mais touring (turismo), com a adição de carenagens e grande cúpula na dianteira.
Com esta diferença, a moto se torna uma opção com melhor proteção aerodinâmica e mais apropriada para longas viagens. Por enquanto, a Honda não pretende vender esta outra opção da linha no Brasil.

Fonte: Rafael Miotto / G1
Foto: Divulgação

Comments are closed.