Volks apresenta versão de rali do novo Polo
14 de dezembro de 2017 – 14:48 | Comentários desativados

A Volkswagen revelou junto com a nova geração do Polo GTI (que não vem para o Brasil) a versão de rali que correrá na categoria R5 do WRC 2 (segmento intermediário do Campeonato Mundial de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Mercado, Motos

Harley-Davidson: América Latina foi a única região com crescimento nas vendas

Submitted by on 27 de abril de 2015 – 14:22No Comment

10

A Harley-Davidson divulgou nesta semana o balanço global do primeiro trimestre de 2015, registrando um lucro líquido de US$ 269,9 milhões, de um faturamento total de US$ 1,67 bilhão. No mesmo período de 2014, o lucro líquido somou US$ 265,9 milhões, com receita consolidada de US$ 1,73 bilhão. O lucro por ação teve aumento de 5% no período, chegando a US$ 1,27.

Já nas vendas, o destaque ficou por conta da América Latina, que foi na contramão do mercado global da marca e apresentou um aumento de 0,3% no trimestre. Concessionários em todo o mundo venderam 56.661 novas motocicletas Harley-Davidson no primeiro trimestre de 2015, queda de 1,3% em relação às 57.415 unidades comercializadas no mesmo período de 2014. As revendas norte-americanas faturaram 35.488 motos zero, queda de 0,7% em relação às 35.730 vendidas entre janeiro e março do ano anterior.

Nos mercados fora dos Estados Unidos, concessionárias entregaram 21.173 novas motocicletas durante o primeiro trimestre de 2015, volume 2,4% a menor que as 21.685 unidades negociadas em igual período de 2014.

Segundo a Harley-Davidson, o faturamento no período diminuiu devido, principalmente, às condições desfavoráveis do câmbio de moedas estrangeiras e ao ligeiro declínio nas vendas globais da empresa. A fabricante de motocicletas norte-americana projeta um aumento nas vendas entre 2% e 4% em 2015, comparado à expectativa anterior de crescimento entre 4% e 6%.

Impactado pelo câmbio desfavorável, parcialmente compensado por fortes ganhos de produtividade, o lucro operacional de motocicletas e produtos segmentados apresentou queda no primeiro trimestre de 2015, com US$ 345,5 milhões, ante os US$ 347,7 milhões no ano anterior.

A receita com venda de motocicletas chegou a US$ 1,26 bilhão, contra os US$ 1,31 bilhão no mesmo período de 2014. A empresa entregou 79.589 motocicletas para revendedores e distribuidores do mundo todo durante o primeiro trimestre, enquanto entre janeiro e março de 2014 foram 80.682.

Fonte: Alexandre Ciszewski / Carplace

Comments are closed.