Cotada para o Brasil, Opel prepara 8 novidades até 2020
16 de outubro de 2018 – 11:19 | Comentários desativados

Alemã prepara os sucessores do Corsa e do Mokka X e também na eletrificação da gama
Empresa que atua de uma forma muito transparente na hora de comunicar suas estratégias, algo raramente visto no setor, a …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Campeonatos

GRC: quebra acaba com sonho de Nelsinho Piquet em Las Vegas

Submitted by on 6 de novembro de 2014 – 10:21No Comment

02

O capítulo final da temporada 2014 do Red Bull Global Rallycross Championship não saiu do jeito que Nelsinho Piquet desejava. Com problemas na caixa de marcha do Ford Fiesta ST #07, o piloto brasiliense teve seu único abandono da temporada na etapa de Las Vegas e acabou o campeonato em quarto lugar.

Depois de protagonizar as disputas mais intensas nas duas baterias preliminares em que conduziu o carro da equipe SHR Rallycross, Piquet estava bem posicionado para a largada da semifinal, disputada na madrugada desta quinta-feira. Em quarto no grid, ele era favorecido pela linha de dentro na curva 1.

Mas quando as luzes verdes acenderam seu carro ficou no grid. Com duas voltas de atraso, ele enfim conseguiu largar mas apenas para se arrastar na pista por uma volta e recolher para box.

Os mecânicos da SHR Rallycross então focaram em recuperar o carro #07 para a repescagem, que àquela altura ainda restava como chance de avançar até a final e seguir vivo na luta pelo título do GRC.

Mas não deu tempo.

Quando foi formado o grid de largada para a corrida, o Fiesta de Piquet não foi capaz de alinhar. Estava encerrada ali a primeira temporada completa do competidor brasileiro em um evento de primeira linha do rallycross mundial.

“Fico frustrado por terminar desse jeito. Sabia que o título era difícil, mas ficar fora da final por uma quebra é uma pena”, afirmou o piloto. “Sei que todos no time fizeram um esforço enorme nesta temporada e agradeço. Sem dúvida fomos além do esperado em meu ano de estreia, com um time também estreante: Conseguimos liderar o campeonato durante várias etapas, teve medalha nos XGames, quatro pódios consecutivos e oito finais em 10 corridas do ano. Também cometemos erros, com os quais vamos aprender para voltar mais fortes em 2015″, afirmou.

A vitória em Las Vegas ficou com Ken Block, seguido pelo finlandês Joni Wiman, que acabou com o título. Scott Speed foi o terceiro no campeonato.

Apesar do final da temporada do GRC, o ano de Nelsinho Piquet nas pistas ainda não acabou. No próximo dia 22 ele disputa o segundo e-Prix da história, na Malásia. A segunda etapa da Fórmula E acontece em Putrajaya.

Fonte: Amigos da Velocidade

Comments are closed.