GM registra patente de Chevrolet Silverado no Brasil – Será que vem?
21 de setembro de 2018 – 15:10 | Comentários desativados

A General Motors registrou no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial – a patente da Chevrolet Silverado da nova geração, que é comercializada atualmente na América do Norte e em algumas poucas regiões do …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Novidades

Google, Mercedes e Audi ganham permissão para testar carro autônomo

Submitted by on 22 de setembro de 2014 – 11:35No Comment

06

O estado norte-americano da California emitiu nesta semana as primeiras licenças para testes de carros que dirigem sozinhos em ruas públicas. Google, Mercedes-Benz e Audi foram as empresas beneficiadas e agora poderão testar a autonomia de seus carros em situações reais de tráfego.

Embora tenha sido a última a pedir as permissões, a gigante da tecnologia foi quem mais recebeu licenças – 25 de um total de 29. As duas montadoras alemãs tiveram duas permissões cada uma. De acordo com o governo da Califórnia outras montadoras já entraram com solicitações para testes também.

Um requerimento para os testes é manter algum tipo de controle do motorista, que deve ser capaz de interferir na condução a qualquer momento durante os experimentos nas vias públicas – um empecilho para o sonho do Google de carros sem volante e pedais. A empresa vai testar modelos suas tecnologias em modelos Lexus adaptados .

A Mercedes-Benz afirmou que os testes nos Estados Unidos serão com métodos diferentes que os feitos na Europa atualmente. A Audi ressaltou que foi a primeira fabricante a ter permissão para experimentar carros autônomos no estado de Nevada, em 2012.

Tecnologia

O Google tem testado carros autônomos desde 2009, incorporando sensores a laser e radares em automóveis padrão, como o Prius e esportivos utilitários da divisão de carros de luxo da Toyota. Em maio deste ano, a empresa mostrou um protótipo sem volantes, pedais de acelerador e nem de freio.

Os pequenos carros elétricos, que transportam dois passageiros, foram fabricados através de parcerias com fornecedoras e montadoras automotivas, segundo o Google. Enquanto que os veículos anteriores exigiram que um humano permanecesse no lugar do motorista e assumisse o controle em certas situações, os novos carros operam de maneira completamente autonôma.

De acordo com o Google, os carros poderiam operar como um serviço, coletando passageiros quando chamados, e possivelmente operando até mesmo como frotas de “trens” interconectados. A empresa não confirmou se tem a intenção de montar e vender os carros por si mesmo, dizendo apenas que vai “trabalhar com parceiros”.

Fonte: G1, com informações da Reuters
Foto: Divulgação/Google

Comments are closed.