Confira as novidades apresentadas no Salão Duas Rodas
20 de novembro de 2017 – 13:49 | Comentários desativados

As principais empresas do setor de motos do Brasil apresentaram suas novidades para 2018 no Salão Duas Rodas, em São Paulo. Mesmo em um mercado que ainda sente os efeitos da crise econômica, foi possível …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Novidades

GM promete carros que ‘conversam’ entre si em no máximo 2 anos

Submitted by on 8 de setembro de 2014 – 11:13No Comment

05

A General Motors (GM) vai lançar em dois anos seu primeiro carro que pode se comunicar com outros veículos para ajudar a evitar acidentes e diminuir o congestionamento do tráfego, afirmou a presidente-executiva da montadora, Mary Barra, no domingo.

No mesmo intervalo, a GM vai introduzir uma tecnologia mais avançada para permitir a condução de veículos sem o uso das mãos em alguns casos, disse ela.

“Estou convencida que os clientes irão abraçar (a comunicação entre veículos) e as tecnologias de direção automatizada por uma única razão: elas são a resposta para os problemas cotidianos que as pessoas querem resolver”, disse a executiva em discurso durante uma conferência.

Os primeiros modelos com a tecnologia serão da Cadillac, marca de luxo do grupo GM.

Cada vez mais autônomo

A indústria vem lançando tecnologias como o controle adaptativo de cruzeiro, freios para batidas iminentes e direção semi-automatizada com mãos livres.

No entanto, a GM e outras montadoras têm enfatizado que, mesmo com a condução de mãos livres, os motoristas terão de ser responsáveis e precisarão manter a atenção na estrada. Enquanto isso, a empresa de buscas Google está trabalhando para desenvolver veículos totalmente autônomos.

O Departamento de Transportes dos Estados Unidos tornou o desenvolvimento de tecnologias para carros conectados uma alta prioridade, uma visão compartilhada no Japão e na Europa. E quando os carros puderem também se comunicar com a infraestrutura ao seu redor, os ganhos serão exponenciais, disse Barra.

No entanto, ela disse que a comercialização de um veículo totalmente automatizado pode demorar até a próxima década.

Fonte: Reuters / G1
Foto: Divulgação

Comments are closed.