A indústria automotiva reserva importantes lançamentos para o segundo semestre, como o VW Polo
18 de agosto de 2017 – 15:03 | Comentários desativados

Entre os principais lançamentos programados para os próximos meses estão o novo Volkswagen Polo, o sedã derivado do Fiat Argo, o Chevrolet Equinox e algumas reestilizações
Principalmente depois da divulgação do preço atraente, muitos consumidores aguardaram …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Mercado

FIAT LANÇA MOBI

Submitted by on 14 de abril de 2016 – 15:13No Comment

qr-682-web-mobi-6583

Novo subcompacto mineiro custa menos e é menor que o Uno, mas não oferece inovações

O Mobi faz parte de uma reestruturação na linha Fiat, que pretende renovar seu leque de modelos nos próximos três anos. E o subcompacto chega para preencher uma lacuna abaixo do Uno atual. A ideia da empresa é oferecer uma alternativa ao Volkswagen Up!. De acordo com a montadora, o fato de o Mobi ser o modelo mais barato da marca não será destacado – a Fiat não pretende vender o carro mais barato do Brasil.

Partindo de R$ 31.900 (contrariando as previsões que indicavam que seu valor seria abaixo dos R$ 30.000), o Mobi Easy é a versão de entrada – de um total de seis – vendida sem os acessórios que compõem o pacote da maioria dos veículos nacionais, como direção hidráulica ou vidros elétricos. Para equipar o modelo com a assistência de direção e ar-condicionado, é necessário migrar para a Easy On.

Uma das novidades do Mobi é não ter muitos opcionais, como ocorre nos demais modelos da Fiat. A ideia é simplificar o pacote de versões. Assim, os interessados em incrementar a quantidade de acessórios devem optar por uma configuração mais cara. Na ordem, são a Easy, Easy On, Like, Like On, Way e Way On.

As versões intermediárias, Like e Like On, oferecem de série um pacote recheado, com ar-condicionado, direção hidráulica, chave tipo canivete com controle remoto, travas e vidros elétricos, computador de bordo e volante com regulagem de altura. A Like On inclui um quadro de instrumentos com LED e display digital, além de rádio com USB e Bluetooth, integrado ao volante multifuncional. Já a Way tem como diferencial o já conhecido disfarce aventureiro, composto por barras longitudinais no teto, moldura plástica na caixas de roda e suspensão elevada. As maçanetas são pintadas em um tom marrom.

Em junho, a Fiat passará a comercializar um inédito multimídia chamado Live On, no qual o smartphone do dono fará o papel de central do sistema. “O componente mais caro desse tipo de equipamento é a tela digital. Como a maioria dos compradores de automóveis já têm smartphones, podemos oferecer um equipamento que custa menos”, diz Carlos Eugênio Dutra, diretor de produto da Fiat.

Com o Fiat Live On, será possível comandar e visualizar algumas funções do carro, como o Econômetro, pelo celular, por meio de um app gratuito disponível (em junho) na Apple Store e Google Play.

O subcompacto só será comercializado com o motor 1.0 de 4 cilindros, o mesmo que já equipa o Uno e Palio. Desenvolve 75/73 cv, com etanol e gasolina, a 6.250 rpm. O torque é de 9,9/9,5 mkgf a 3.850 giros. Apesar de ser menor que o Uno (tem 356,6 cm de comprimento, 163,3 cm de largura e 150 cm de altura), o desempenho do pequeno é praticamente idêntico ao do Uno. Em nosso teste de pista, fomos de 0 a 100 km/h em 17,5 segundos – na prática, o mesmo resultado do Uno Vivace (17,6). Aliás, essa versão do Uno deixa de ser oferecida, que passa a ter a Attractive 1.0 como a opção de entrada.

Outra novidade é a tampa do porta-malas de vidro, sem estrutura metálica. Os braços da porta, trinco e amortecedores são fixados diretamente na peça. Isso pode provocar algum estranhamento no início, e até a desconfiança quanto à resistência, mas os engenheiros da Fiat garantem que a peça oferece a mesma durabilidade que uma tampa convencional. A espessura do vidro é de 5 mm, medida superior ao das janelas comuns.

FONTE: Quatro Rodas
TEXTO: Redação

Comments are closed.