F-150 Raptor SuperCrew vem ao Brasil mais barata
6 de fevereiro de 2018 – 10:20 | Comentários desativados

A versão SuperCrew da Ford F-150 Raptor é um monstro sobre rodas, trazendo ampla cabine de quatro portas e medindo 5,89 m de comprimento. O primeiro exemplar da linha 2018 com essa configuração acaba de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

FIA cria força-tarefa para planejar desenvolvimento na próxima década

Submitted by on 30 de julho de 2013 – 11:46No Comment

12

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou nesta terça-feira a criação de uma nova força-tarefa, que será responsável por formar um plano de desenvolvimento global do automobilismo pelos próximos dez anos. A ideia é levar o projeto a votação na Assembleia Geral da entidade, no final de 2014.

Ao longo de 109 anos de existência da federação, este seria o primeiro planejamento formal para melhorar as condições de disputa da modalidade em todo o mundo. O presidente da força-tarefa será o árabe Mohammed Ben Sulayem, vice-presidente esportivo da FIA e presidente do Clube do Automóvel e Turismo dos Emirados Árabes.

Sulayem ficará encarregado de viajar a todos os continentes, onde deve se reunir com dirigentes de federações e clubes locais, investidores, jornalistas, promotores de eventos e fãs, buscando as principais demandas e necessidades de cada país e região.

Sua primeira atividade no exercício oficial do cargo será aqui na América do Sul, durante o Congresso Latino-Americano da FIA, em Buenos Aires. Lá, o chefe da força-tarefa deve conversar com dirigentes do continente sul e também norte-americano.

No fim de agosto, sua próxima parada será o continente africano, numa reunião em Botsuana. Para setembro, já há outro compromisso agendado na Croácia, onde o Conselho mundial do Esporte a Motor vai nominar os outros membros que farão parte da força-tarefa.

“Para desenvolver um plano efetivo, é vital consultar todos os envolvidos, e permitir que eles opinem na maneira como o automobilismo deve ser desenvolvido nos próximos dez anos. Também vamos conduzir pesquisas de economia global e de tendências do esporte, para ajudar a dar um panorama preciso sobre o que é necessário fazer pelo crescimento do esporte a motor, num futuro imediato”, relatou.

Sulayem apontou que o maior potencial de evolução da modalidade está nos chamados “mercados emergentes”, especialmente, em sua visão, o continente asiático. “Mas, para que o automobilismo prospere em uma base global, temos que nos certificar antes que os pilares nacionais e regionais estão seguros”, completou.

Fonte: Leonardo Felix / Tazio
Foto: Divulgação

Comments are closed.