Confira as novidades apresentadas no Salão Duas Rodas
20 de novembro de 2017 – 13:49 | Comentários desativados

As principais empresas do setor de motos do Brasil apresentaram suas novidades para 2018 no Salão Duas Rodas, em São Paulo. Mesmo em um mercado que ainda sente os efeitos da crise econômica, foi possível …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

FIA cria força-tarefa para planejar desenvolvimento na próxima década

Submitted by on 30 de julho de 2013 – 11:46No Comment

12

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou nesta terça-feira a criação de uma nova força-tarefa, que será responsável por formar um plano de desenvolvimento global do automobilismo pelos próximos dez anos. A ideia é levar o projeto a votação na Assembleia Geral da entidade, no final de 2014.

Ao longo de 109 anos de existência da federação, este seria o primeiro planejamento formal para melhorar as condições de disputa da modalidade em todo o mundo. O presidente da força-tarefa será o árabe Mohammed Ben Sulayem, vice-presidente esportivo da FIA e presidente do Clube do Automóvel e Turismo dos Emirados Árabes.

Sulayem ficará encarregado de viajar a todos os continentes, onde deve se reunir com dirigentes de federações e clubes locais, investidores, jornalistas, promotores de eventos e fãs, buscando as principais demandas e necessidades de cada país e região.

Sua primeira atividade no exercício oficial do cargo será aqui na América do Sul, durante o Congresso Latino-Americano da FIA, em Buenos Aires. Lá, o chefe da força-tarefa deve conversar com dirigentes do continente sul e também norte-americano.

No fim de agosto, sua próxima parada será o continente africano, numa reunião em Botsuana. Para setembro, já há outro compromisso agendado na Croácia, onde o Conselho mundial do Esporte a Motor vai nominar os outros membros que farão parte da força-tarefa.

“Para desenvolver um plano efetivo, é vital consultar todos os envolvidos, e permitir que eles opinem na maneira como o automobilismo deve ser desenvolvido nos próximos dez anos. Também vamos conduzir pesquisas de economia global e de tendências do esporte, para ajudar a dar um panorama preciso sobre o que é necessário fazer pelo crescimento do esporte a motor, num futuro imediato”, relatou.

Sulayem apontou que o maior potencial de evolução da modalidade está nos chamados “mercados emergentes”, especialmente, em sua visão, o continente asiático. “Mas, para que o automobilismo prospere em uma base global, temos que nos certificar antes que os pilares nacionais e regionais estão seguros”, completou.

Fonte: Leonardo Felix / Tazio
Foto: Divulgação

Comments are closed.