Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador
13 de setembro de 2019 – 14:45 | Comentários desativados em Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador

Estande da BMW no Salão de Frankfurt dá spoilers sobre as novas gerações do Série 4, além de novidades para o nicho dos SUV-cupê e um novo carro elétrico.
Uma das atrações da BMW  no Salão …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Ferrari anunciará Kimi Raikkonen no lugar de Massa em setembro

Submitted by on 20 de agosto de 2013 – 11:03No Comment

17

A equipe Ferrari anunciará Kimi Räikkönen, como seu novo piloto titular, no dia 8 de setembro, durante o Grande Prêmio da Itália, em Monza. A afirmação é do ex-dono de equipe Eddie Jordan – que atualmente trabalha como comentarista de F1 na emissora britânica BBC.

A escuderia italiana vem desmentindo essa possibilidade, todavia as informações que circulam pela imprensa apenas reforçam a chance de Kimi voltar ao time onde foi campeão mundial em 2007.

Nesta segunda-feira, dia 19, o empresário de Kimi Räikkönen deixou claro que as negociações com a equipe Red Bull, para muitos a principal opção do piloto em 2014, foram encerradas há algum tempo e não existem mais possibilidades para o finlandês ser contratado.

Mais do que isso, Steve Robertson [o agente de Kimi] não descartou um acerto com a escuderia Ferrari. “Até que eles confirmem suas vagas, meu trabalho é falar com todos os times e ver o que está disponível”, afirmou Robertson em entrevista à BBC.

Outra informação que reforça a ideia de uma negociação entre Räikkönen e Maranello é a de que a Red Bull já escolheu o substituto de Mark Webber para 2014. Este será Daniel Ricciardo, atual titular da Toro Rosso, de acordo com a imprensa alemã.

A possível chegada de Kimi Räikkönen na Ferrari implicaria na demissão do brasileiro Felipe Massa.

Todavia, isto também é uma possibilidade e não um fato. Massa tem contrato em Maranello até o final do ano. Já Fernando Alonso assinou acordo até 2016.

A Lotus, atual equipe de Räikkönen, pretende manter o finlandês no time. Mas, o piloto vem exigindo garantias de que a escuderia inglesa terá condições financeiras de desenvolver o carro e brigar pelo título nas próximas temporadas.

Nas últimas semanas, porém, as notícias sobre a situação orçamentária da Lotus indicam que a equipe passa por uma crise econômica. O time apresenta dívidas significativas e, a rigor, não tem como planejar devidamente seus próximos passos.

Fonte: Uol / Amigos da Velocidade
Foto: Rob Griffith/AP

Comments are closed.