F-150 Raptor SuperCrew vem ao Brasil mais barata
6 de fevereiro de 2018 – 10:20 | Comentários desativados

A versão SuperCrew da Ford F-150 Raptor é um monstro sobre rodas, trazendo ampla cabine de quatro portas e medindo 5,89 m de comprimento. O primeiro exemplar da linha 2018 com essa configuração acaba de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Dicas

Entenda quando compensa comprar o seguro para moto

Submitted by on 20 de outubro de 2017 – 12:24No Comment

 

moto

Vale a pena comprar uma apólice para motocicleta? Como saber se o preço é justo? Muitas são as dúvidas do consumidor, que já arca com os custos rotineiros de manutenção do veículo.

Primeiramente, o proprietário deve avaliar se é possível arcar com os custos de reparação ou aquisição de uma nova moto, em caso de imprevistos. Se a resposta for negativa, o contrato é essencial para a reposição do bem e para manter o equilíbrio financeiro”, esclarece Jabis Alexandre, diretor geral de Automóvel e Massificados do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre.

Outro ponto importante é observar as coberturas oferecidas pelo contrato. Pacotes básicos, para motocicletas de até 500 cilindradas, garantem proteção para casos de colisão, incêndio, roubo e furto. Em diversos casos, há a possibilidade do consumidor também incluir cobertura para danos causados a faróis, lanternas e retrovisores.

Para proprietários de motos com mais de 500 cilindradas, a recomendação é combinar as coberturas de acordo com o estilo de vida e uso do veículo. Além dos itens básicos (roubo, incêndio, colisão), alguns pacotes oferecem benefícios diferenciados, como extensão de reboque – os amantes de viagens e passeios pelas estradas podem ampliar o serviço para até 1000 quilômetros –, reposição da roupa de proteção e até inclusão de assistência 24 horas para a residência.

Descontos
Como garantir um bom preço no momento da cotação? O valor do seguro varia conforme o perfil do cliente (sexo, idade, endereço etc.), perfil do uso (se utiliza para o trabalho, viagens e demais detalhes do deslocamento) e tipo do veículo (modelo, ano). Portanto, a dica é aproveitar da flexibilidade no momento da consulta.

É possível escolher o total de indenização que julgar necessário para cada cobertura, incluir ou excluir itens, além de conferir a capacidade de parcelamento de pagamento sem juros.

Texto: Redação

Fonte: Garagem 360

Rodão

Comments are closed.