Toyota Corolla está mais barato, mas só na versão de entrada
3 de abril de 2018 – 9:22 | Comentários desativados

O Toyota Corolla já está em 2019. Mas tamanha antecipação na mudança de ano/modelo só influenciou nos preços. Enquanto a versão de entrada ficou mais barata, as demais encareceram. A partir de agora a versão …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Curiosidades

Em Dubai, apartamento vem com uma Lamborghini Aventador

Submitted by on 8 de janeiro de 2014 – 10:11No Comment

08

Com problemas para vender seus apartamentos, um grande e recém inaugurado prédio residencial em Dubai oferece “brindes” para os compradores. A agência imobiliária Damac, responsável pelo edifício, dará carros como modelos da Mini e BMW para quem adquirir apartamentos menores. No entanto, o sujeito que comprar os apartamentos mais caros receberá nada menos que um exclusivo Lamborghini Aventador. O superesportivo movido por um poderoso motor V12, avaliado em cerca de R$ 2,8 milhões no Brasil, pode acelerar de 0 a 100 em apenas 2,9 segundos e chegar à velocidade máxima de 350 km/h. No entanto, interessados devem correr, pois a promoção durará apenas até o dia 2 de fevereiro.

Construída entre 2009 e 2012, a Torre Burjside tem 300 apartamentos distribuidos nos seus 37 andares. O prédio residencial, localizado na mais nova e magalômana cidade dos Emirados Árabes Unidos, é o primeiro com serviço de hotel na cidade. O edifício conta ainda com outras vantagens para atrair novos moradores: está localizado na avenida Umm Suqueim, a principal e mais luxuosa rua de Dubai; e tem vista para o maior prédio do mundo, o Burj Califa, com 828 metros de altura – para se ter uma ideia, o Morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, onde está localizada a estátua do Cristo Redentor, um dos principais cartões postais do Brasil, tem 710 metros de altura -; além disso, o prédio foi construído em frente do segundo maior centro comercial do mundo, o Dubai Mall.

Fonte: David Sharp / MotorDream
Foto: Reprodução

Comments are closed.