Nissan planeja ofensiva ‘verde’ com Leaf e produção de híbridos no Brasil
22 de agosto de 2018 – 15:44 | Comentários desativados

Enquanto prepara mais versões da Frontier, agora produzida na Argentina, e a nova geração do March para os próximos anos, a Nissan quer incluir o Brasil na onda dos veículos elétricos e híbridos, que consomem …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Motos

Ducati Superleggera: a melhor relação potência/peso da história

Submitted by on 28 de outubro de 2013 – 9:46No Comment

02

A topo de linha entre as Ducati será, a partir de agora, a 1199 Superleggera – “superleve”, traduzindo do italiano para o portugûes. A moto é derivada da 1199 Panigale R e é produzida com materiais nobres como titânio, magnésio e fibra de carbono. O objetivo da Ducati ao projeta-la, era construir a melhor relação peso/potência da história, com mais de 200 cv para 155 kg. O quadro monocoque e as rodas são de magnésio, o subquadro traseiro e a carroceria são de fibra de carbono, o sistema de escapamento integral são de titânio, assim como grande parte dos parafusos e porcas. Já o bocal do coletor é em aço inoxidável. Além disso, a bateria é de íons de lítio, para menor peso.

Para empurrá-la, o nada modesto motor de dois cilindros em “L” com bielas, válvulas de admissão e escapamento em titânio. A moto ainda pode contar com o opcional Kit de Corrida, que traz escapamento de competição do mesmo material, para-brisa alto, cavaletes dianteiro e traseiro e kits de remoção do suporte da placa e do apoio lateral. Tal opcional a faz ganhar 5 cv e perder 2,5 kg.

Na parte eletrônica da Superleggera há um controle para evitar que a roda da frente empine, além de controle de tração e de freio-motor. Outras novidades incluem suspensão dianteira e traseira com molas de titânio.

Fonte: David Sharp / MotorDream
Foto: Divulgação

Comments are closed.