Toyota Corolla está mais barato, mas só na versão de entrada
3 de abril de 2018 – 9:22 | Comentários desativados

O Toyota Corolla já está em 2019. Mas tamanha antecipação na mudança de ano/modelo só influenciou nos preços. Enquanto a versão de entrada ficou mais barata, as demais encareceram. A partir de agora a versão …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Curiosidades, Dicas, Motos

Duas Dicas para quem vai cair na estrada

Submitted by on 13 de dezembro de 2017 – 10:28No Comment

 bagagem-no-tanque-565x424

Viajar de moto é sempre um prazer. Seja no período das férias ou não. Separei duas dicas que podem ajudá-lo na hora de pegar a estrada. Dê uma conferida:

Como carregar a bagagem?

Carregar a bagagem vira um problema por falta de lugar. O bagageiro é sempre lembrado nestas horas, mas uma boa solução pode ser o espaço em cima do tanque. A vantagem é que o piloto pode “fiscalizar” a bagagem o tempo todo, além de aproveitar para encaixar um mapa rodoviário do roteiro.

A bagagem em cima do tanque também tem a vantagem de alterar em menor escala o centro de gravidade da moto, contribuindo para a estabilidade. Já existem bolsas e alforjes especiais para a finalidade. A fixação deve ser de fácil remoção, para facilitar na hora do reabastecimento. Outra providência interessante é instalação de uma proteção para o alforje ou bagagem não danificarem a pintura do tanque.

Quais “pisantes” devo usar?

Por ficarem em posição mais vulnerável, recomenda-se a utilização de botas para proteção dos pés, já que estão sujeitos a terem de aguentar detritos e água. Porém, nem sempre é possível, ou a ocasião não permite seu uso constante. Tênis e sapatos convencionais, mais frágeis, estão sujeitos a maior desgaste. Atenuando o problema, o mercado oferece capas tipo “galocha”, porém, com estética discutível e pouca praticidade na hora de guardar.

Para não danificar o peito do pé do calçado esquerdo, que opera o pedal de marchas, por exemplo, é só revestir a ponta do pedal com fita isolante, fita crepe, ou esparadrapo, suavizando a agressão ao calçado. A “cobertura” deve ser substituída periodicamente, já que também se desgasta e acumula óleo. As partes baixas da moto devem estar sempre limpas e sem vazamentos; e o para-lamas dianteiro corretamente instalado.

Texto: Teo Mascarenhas

Fonte: Auto Papo

Rodão

Comments are closed.