Golf 2019 terá motor 1.0 TSI com Tiptronic, segundo jornal
10 de maio de 2018 – 9:16 | Comentários desativados

O Volkswagen Golf 2019 está bem perto de chegar e já tem estoque sendo formado no pátio de São José dos Pinhais-PR. O hatch médio da marca alemã vai se renovar para manter acesa a …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F-Indy

Dixon vence em Sonoma

Submitted by on 25 de agosto de 2014 – 10:10No Comment

01

Scott Dixon (Ganassi) venceu a prova deste domingo em Sonoma, a penúltima etapa da Fórmula Indy em 2014. Foram com ele ao pódio Ryan Hunter-Reay (Andretti) e Simon Pagenaud (Schmidt). Tony Kanaan (Ganassi) foi o 13º e Hélio Castroneves ficou em 18º com a Penske.

Na largada Power manteve a ponta com Newgarden, Dixon e Kanaan logo atrás, mas no fim da primeira volta uma confusão envolvendo Hélio Castroneves e Sebastien Bourdais forçou a exibição da bandeira amarela pela primeira vez na tarde.

Na relargada, Power manteve a primeira posição e nem mesmo na primeira parada de box, na altura da volta 17 perdeu a primeira posição. Kanaan por sua vez perdeu rendimento momentaneamente e caiu para sexto, enquanto que Dixou subiu para segundo.

A corrida seguia sem percalços até que na volta 30, Carlos Huertas parou ao lado da pista e forçou mais uma exibição da bandeira amarela. Na relargada, Power seguiu liderando com Dixon e Hunter-Reay em seguida, mas um toque de Castroneves com Bourdias e Saavedra forçou uma nova aparição do carro madrinha na prova. Os carros foram para mais sessão de paradas de box e Dixon superou Power neste momento da prova.

Na relargada, Kannan assumiu a liderança, para perder logo depois para Mike Conway. Mais atrás, Bourdais e Power rodaram. Além disso, a direção da categoria decidiu não punir o incidente entre Hélio, Bourdais e Saavedra. Na pista, Conway, Kanaan e Briscoe eram os ponteiros. Lá atrás, uma briga mano a mano entre Castroneves e Power pela 16ª colocação.

Briscoe fez sua parada e cedeu sua posição para Rahal, que pouco depois chegou e passou por Kanaan. O Brasileiro foi ao box, fez sua parada e regressou em terceiro, atrás de Rahal e Conway, mas teve que parar novamente e isso arruinou sua estratégia.

Rahal liderou até quatro voltas para o fim quando além do combustível estar critico, uma fritada de pneus o levou ao box. Num curto espaço de tempo, Conway foi o líder, mas em seguida perdeu o posto para Dixon, que só levou o carro até a bandeirada para vencer, com Ryan Hunter-Reay em segundo e Simon Pagenaud em terceiro. Tony Kanaan terminou em 13º e Hélio Castroneves cruzou em 18º.

Fonte: Amigos da Velocidade

Comments are closed.