Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador
13 de setembro de 2019 – 14:45 | Comentários desativados em Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador

Estande da BMW no Salão de Frankfurt dá spoilers sobre as novas gerações do Série 4, além de novidades para o nicho dos SUV-cupê e um novo carro elétrico.
Uma das atrações da BMW  no Salão …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Curiosidades

Conheça carros que salvaram suas montadoras da falência

Submitted by on 22 de janeiro de 2019 – 14:25No Comment

Eles vieram em boa hora e foram responsáveis por tirar fabricantes do ‘buraco’; falência ou compra por outra companhia era fim certo para várias.

Uma fabricante de automóveis pode beirar a falência por vários motivos. Seja uma forte recessão, ou um fracasso em vendas ou mesmo um modelo de negócio pouco eficiente, companhias multimilionárias podem acabar de uma hora para outra. E é sob pressão que podem sair boas ideias para tirar uma montadora de um “buraco”.

Foi o que aconteceu com a Porsche na virada dos anos 1990. A marca havia emplacado apenas 14 mil carros no mundo todo, tinha uma linha antiquada e a concorrência vinha consistentemente ultrapassando a marca alemã. Seu carro mais recente era o 928 de 1977 e os 911 ainda refrigerados a ar estavam beirando os 30 anos.

Tanto que em 1992 a fabricante chegou a contratar executivos e engenheiros da Toyota, que “arrumaram” a casa e deram início ao desenvolvimento do que seria o primeiro Boxster. O roadster foi lançado em 1996 e foi um sucesso quase instantâneo. O primeiro Boxster, aliás, usava várias partes em comum com o 911 da geração 996, o que reduziu custos e ajudou a Porsche a se reerguer.

Ford Taurus
Um pouco antes, em meados dos anos 1980, a Ford não estava exatamente à beira da falência, mas em 1985 a marca lançara o Taurus. O modelo balançou o mercado americano e catapultou a Ford para cima. O sedã foi o carro mais vendido nso Estados Unidos entre 1992 e 1996 e está em linha até hoje. O Taurus chegou a ser promovido a sedã grande, com a introdução do Fusion em 2006. No entanto, continua uma marca forte dentro da gama Ford.

Peugeot 205
Outra fabricante europeia em apuros durante os anos 1980 era a Peugeot. Depois de comprar a praticamente falida Citroën e o braço europeu da Chrysler, a marca francesa estava com problemas sérios. Foi aí que o sucesso do 205, lançado em 1983 foi crucial para sua recuperação. O compacto caiu no gosto dos europeus e foi um sucesso logo após o lançamento. Vendido entre 1983 e 1996, o 205 ainda teve versões icônicas, como as GTI e os conversíveis.
É certo que a Peugeot teve ainda uma “mãozinha” do governo francês na época. O país impôs restrições à importação de carros japoneses, o que tirou de cena boa parte da concorrência que o 205 enfrentaria. Mas, diante do contexto, ele foi bem sucedido com mais de 5 milhões de unidades vendidas.

Range Rover
Mas um dos modelos mais conhecidos que revolucionou sua própria fabricante foi o Range Rover Evoque. A Land Rover havia sido vendida pela Ford para a indiana Tata em 2007 e estava com uma linha já antiga ainda à venda. Em 2011, a marca lançou o Evoque, um novo Range Rover Sport e uma nova geração do Vogue. A ofensiva deu certo e a marca vendeu mais de um milhão de unidades ao redor do mundo nos anos seguintes.

Texto: Redação

Fonte: Estadão

Portal Rodão

Comments are closed.