Cotada para o Brasil, Opel prepara 8 novidades até 2020
16 de outubro de 2018 – 11:19 | Comentários desativados

Alemã prepara os sucessores do Corsa e do Mokka X e também na eletrificação da gama
Empresa que atua de uma forma muito transparente na hora de comunicar suas estratégias, algo raramente visto no setor, a …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Mercado

Com vendas em queda, idade média de veículos volta a subir no Brasil

Submitted by on 4 de maio de 2015 – 14:16No Comment

03

Após 3 anos em queda e um estável, a idade da frota de veículos voltou a subir em 2014. De acordo com levantamento feito pelo sindicato da indústria de autopeças (Sindipeças), a média dos automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus em circulação no país é de 8 anos e 8 meses.

No ano passado, as vendas caíram 7,15%, agravando uma queda de quase 1% registrada em 2013, que encerrou um ciclo de 10 anos de altas.

Com menos carros novos aparecendo nas ruas, a idade média da frota voltou ao patamar de 2010. Em 2013, o número era de 8 anos e 6 meses.

Entre os 41,5 milhões de veículos da frota brasileira – 3,7% a mais que em 2013 -, 16,8 milhões (41%) têm menos de 5 anos, e outros 17 milhões (41%) têm entre 6 e 15 anos. Apenas 4% da frota tem mais de 20 anos.

Ainda segundo o relatório do Sindipeças, a relação entre o número de habitantes e veículos caiu 40% na última década, de 8,1 habitantes para cada veículo em 2004 para 4,9 em 2014.

Importados e flex
O número de veículos importados se manteve estável desde 2012, com cerca de 13% do total, mas os modelos flex não param de crescer. Em 2005, os bicombustíveis eram apenas 5,2% do total, contra 70% movido apenas a gasolina.

Em menos de 10 anos, os flex agora são 54%, enquanto a representatividade da frota a gasolina caiu à metade (34,3%). Os veículos movidos a diesel se mantiveram entre 9% e 10% durante a última década.

Fonte: G1
Foto: Antônio Garcia/Arquivo Pessoal

Comments are closed.