Avaliação: Honda Civic 2018 muda para recuperar terreno
19 de junho de 2018 – 11:45 | Comentários desativados

A linha 2018 do Civic trouxe leves retoques e central multimídia disponível em todas as versões. Tudo para ajudá-lo a vencer a concorrência
Em 2009, comprei um Honda Civic LXS, com o qual fiquei por três …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Mercado

Com incentivo, Toyota reduz preço do Prius em quase R$ 10 mil

Submitted by on 5 de novembro de 2014 – 10:15No Comment

04

Passando a usufruir da redução de impostos para veículos híbridos, a Toyota anunciou a redução de preço do Prius. O modelo chega a linha 2015 R$ 9.830 mais barato, passando de R$ 120.830 para R$ 111 mil. A redução no preço final foi de 8,2%. Vale lembrar que o Prius teve taxação reduzida de 35% para 4% do imposto de importação.

O modelo não passou por outras alterações na linha 2015. O modelo conta com um motor 1.8 16V de 99 cavalos e outro elétrico, de 82 cv. Juntos, eles despejam nas rodas, 134 cv. A transmissão é automática, do tipo CVT.

Entre os equipamentos, ar-condicionado digital, sistema de partida sem chave, vidros e travas elétricos, direção elétrica, head-up display, volante com comandos de áudio, piloto automático e central multimídia com conexão Bluetooth e câmera de ré.

De acordo com a Toyota, a redução não foi ainda maior devido a valorização do dólar e o câmbio depreciado. A marca ainda afirma que “assumiu o compromisso de repassar diretamente aos consumidores do Prius todo o benefício com as reduções de imposto e tributação que o modelo obtiver”.

Lexus

Marca de luxo da Toyota, a Lexus ainda não reduziu o preço de seu híbrido, o CT 200h. O hatch tem o mesmo conjunto mecânico do Prius, e é vendido por R$ 134 mil na versão Eco e R$ 154 mil na Luxury.
De acordo com a Lexus, a redução de preços do CT 200h ainda está sob estudo.

Como é o incentivo

A medida da Câmara de Comércio Exterior (Camex) reduz o imposto de importação de 35% para uma faixa entre 0% e 7% para veículos híbridos, com motor a combustão de cilindrada não superior a 3 litros e sem a possibilidade de recarga na tomada (plug-in).

Fonte: G1
Foto: Divulgação

Comments are closed.