Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador
13 de setembro de 2019 – 14:45 | Comentários desativados em Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 – só ele quer ter grade de radiador

Estande da BMW no Salão de Frankfurt dá spoilers sobre as novas gerações do Série 4, além de novidades para o nicho dos SUV-cupê e um novo carro elétrico.
Uma das atrações da BMW  no Salão …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Chefe da Red Bull: Vettel já pode ser comparado aos maiores da história

Submitted by on 7 de outubro de 2013 – 11:36No Comment

06

Se depender do chefe da Red Bull, Christian Horner, Sebastian Vettel já fez o suficiente na F1 para ser comparado aos maiores da história. Mais jovem tricampeão da categoria, o alemão está muito próximo de chegar ao tetra consecutivo neste ano, feito que apenas duas lendas do esporte, Juan Manuel Fangio e Michael Schumacher, alcançaram anteriormente.

Acima das estatísticas, entretanto, o dirigente da escuderia ressaltou o nível de pilotagem alcançado pelo germânico em 2013. Até o momento, Vettel bateu o companheiro Mark Webber em todos os classificatórios, tendo vencido oito das 14 etapas realizadas e deixado de pontuar somente em uma, na Inglaterra, por problema de câmbio.

“Ele tem que estar lá em cima [junto com os grandes]. O nível de desempenho que ele está alcançando é inacreditável, em vários aspectos. Sabemos que Mark [Webber] é um piloto bastante talentoso e veloz, e batê-lo dessa forma tem sido muito impressionante”, frisou Horner, em entrevista após a vitória de seu comandado no GP da Coreia, no último domingo.

“O que vem realmente nos impressionando é que ele continua a evoluir, crescer e ganhar experiência. Este foi o seu 115º GP e ter vencido o número que ele venceu [34] é algo memorável”, seguiu o chefe, que, ao ser indagado se Vettel já poderia ser colocado no mesmo panteão de Schumacher e Fangio, respondeu afirmativamente. “Se ele alcançar isso, acho que [as pessoas] vão ter que colocá-lo [no mesmo patamar]“, avaliou.

Horner também salientou o trabalho feito pelo piloto de 26 anos fora das pistas, durante o processo de preparação física e avaliação de todos os pontos nos quais pode evoluir. “Ele trabalha tão duro. O que vocês não veem é o que acontece por trás das cortinas: o esforço enorme que ele dedica em sua preparação, seu treinamento, e a aplicação que ele tem”, contou.

“Vettel é muito autocrítico e sempre está de olho nas áreas onde pode melhorar. Ele vai analisar esta corrida [de Yeongam] e ver os pontos onde pode ser mais forte. É esse olhar interior que segue impulsionando-o e levando-o a progredir”, encerrou.

Fonte: Leonardo Felix / Tazio
Foto: Clive Rose/Getty Images

Comments are closed.