Toyota logo terá Corolla híbrido e Hilux híbrida no Brasil
13 de agosto de 2018 – 14:15 | Comentários desativados

O futuro da Toyota está inegavelmente associado aos carros híbridos. Além de desenvolver uma versão híbrida flex do Prius e apostar também na eletrificação para um Corolla esportivo, a Toyota confirmou que o mercado latino-americano …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F-Indy

Carpenter é pole da 102ª edição da Indy 500; Helio é 8º

Submitted by on 22 de maio de 2018 – 9:16No Comment

indycar-indy-500-2018-ed-carpenter-ed-carpenter-racing-chevrolet-8397802

Piloto da equipe que leva seu nome registrou velocidade média de 369,525 km/h para garantir sua terceira pole em uma Indy 500
Após uma semana de treinos e mais treinos, está definido o grid de largada da 102ª edição das 500 Milhas de Indianápolis e a pole position ficou com Ed Carpenter. Piloto do carro da equipe que leva seu nome, Carpenter registrou média de 229,619 mph (369,525 km/h) e conquistou sua terceira pole em uma Indy 500.

A segunda posição do grid ficou com o piloto da Penske Simon Pagenaud, com 228,761 mph (368,145 km/h), seguido por Will Power em terceiro, com média de 228,607 mph (367,897 km/h).

O atual campeão da Indy, Josef Newgarden registrou 228,405 mph (367,897 km/h) evai largar em quarto, seguido por Sebastien Bourdais, com média de 228,142 mph (367,148 km/h) em quinto.

Spencer Pigot é sexto, com média de 228,107 mph (367,092 km/h), logo à frente de Danica Patrick, que se despede da IndyCar com a participação da 102ª Indy 500, e que registrou 228,090 mph (367,065 km/h).
Helio Castroneves, que terminou o primeiro dia de treinos classificatórios na ponta da tabela, não conseguiu repetir o desempenho de sábado e terminou com a oitava posição do grid com 227,859 mph (366,693 km/h). Scott Dixon fechou o Fast 9 na nona posição, com 227,262 mph (365,732 km/h) de média.

Tony Kanaan, que encerrou o primeiro dia de treinos classificatórios na 11ª posição, melhorou em relação ao sábado e com 227,664 mph (366,379 km/h) garantiu a décima posição do grid.

Companheiro de equipe de Tony na A.J. Foyt, o estreante Matheus Leist acompanhou o veterano e sai logo atrás do baiano. Com média horária de 227,571 mph (366,230 km/h) conseguiu um bom 11º posto no grid.

Vencedor da edição de 2017 da prova e primeiro japonês a ganhar a Indy 500, Takuma Sato vai largar da 16ª posição, após registrar média de velocidade de 226,557 mph (364,598 km/h). Já Alexander Rossi, que escreveu seu nome na história da prova ao vencer a 100ª edição, em 2016, não foi nada bem e vai largar em 32º, com média de 224,935 mph (361,987 km/h).

Texto: redação

Fonte: br.motorsport.com

Portal Rodão

Comments are closed.