Carro voador chinês pode ser o primeiro a ser comercializado normalmente
6 de outubro de 2018 – 16:34 | Comentários desativados

A corrida em busca de produzir o primeiro carro voador comercialmente viável pode estar perto de ter um vencedor: é a Terrafugia, uma empresa chinesa que já desenvolve seu veículo com asas chamado Transition há …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Budkowski acha que Renault não vai vencer em 2019

Submitted by on 1 de outubro de 2018 – 16:18No Comment

RENAULT F1

A Renault diz que eles não estarão em condições de lutar por campeonatos no próximo ano. A contratação de Daniel Ricciardo sinalizou a intenção da equipe de estar lutando com os melhores, porém, de acordo com o diretor executivo da equipe, Marcin Budkowski, a equipe está longe de estar nessa posição.

Falando com a publicação francesa Auto Hebdo, Budkowski explicou que a Renault não está em posição de disputar títulos e vitórias regularmente na F1.

“Estamos atualmente a 1,5 segundos do melhor. Seria ridículo dizer que podemos eliminar esse déficit, quando consideramos organizações como a Mercedes e a Ferrari”.

“Mas a Renault é hoje, uma grande organização que continua crescendo. No final da temporada, teremos um crescimento de 50% em comparação com a força de trabalho presente na compra da Lotus em dezembro de 2015.”

Budkowski continuou explicando, como a Renault está trabalhando para chegar a esse ponto, com a contratação de pessoal acrescentada ao rigoroso cronograma que a Renault está operando, para chegar a tal posição até 2021.

“Estaremos perto de 700 pessoas no final do ano, mas isso não significa que o fruto do trabalho coletivo dessas 700 pessoas será visível a partir de janeiro”.

“Quando as pessoas chegam, é necessário um tempo de adaptação. Quando você tem jovens, você tem que treiná-los”.

“E recrutamos muitos aprendizes e talentos recém-formados. Estamos vendo os benefícios dos recrutamentos de 2016 e 2017, agora”, finalizou.

Texto: Kadu Gouvêa

Fonte: F1 Mania Lance

Portal: Rodão

Comments are closed.