Volks apresenta versão de rali do novo Polo
14 de dezembro de 2017 – 14:48 | Comentários desativados

A Volkswagen revelou junto com a nova geração do Polo GTI (que não vem para o Brasil) a versão de rali que correrá na categoria R5 do WRC 2 (segmento intermediário do Campeonato Mundial de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Bernie pode correr risco de perder comando da F1

Submitted by on 4 de dezembro de 2014 – 10:24No Comment

02

O reinado de Bernie Ecclestone frente à Fórmula 1 volta a correr riscos após uma revelação feita nos jornais Times e Financial Times e na emissora britânica Sky.

De acordo com estes órgãos informativos, o escândalo de corrupção contra Gerhard Gribkowsky, do qual o inglês fez um acordo para escapar de uma punição na justiça alemã, pode fazer com que a CVC Capital Partners promova outro nome à presidência do conselho da categoria e este seria o de Paul Walsh, anteriormente ligado à Diageo, dona da marca Johnnie Walker, antiga patrocinadora da McLaren.

Uma reunião deste organismo está marcada para o começo da próxima semana, quando um nome será votado para o lugar de Peter Barbeck, atual presidente do conselho da F1. A razão para esta troca é um tratamento de saúde ao qual Barbeck está sendo submetido no momento.

Acredita-se que Donald Mackenzie esteja por trás desta manobra, pois ele quer uma estratégia de comando mais profissional para a categoria, deixando o status quase personalista usado por Ecclestone.

“Em particular, o Sr. Mackenzie está preocupado com a estratégia digital, comercial e de relações públicas da Fórmula 1″, disse o Financial Times, argumentando que Bernie poderia assumir um posto honorário. No entanto, a publicação entende que isso não agradaria o octogenário dirigente. “O Sr. Ecclestone disse que não tem interesse em um cargo assim”.

Fonte: Amigos da Velocidade

Comments are closed.