Hyundai HB20 R spec Limited oferece detalhes exclusivos por R$ 65 mil
17 de janeiro de 2018 – 9:49 | Comentários desativados

Uma semana após ter sido mostrado em teasers, o novo Hyundai HB20 R spec Limited acaba de ser anunciado de forma oficial. O novo modelo chega como a edição especial da linha do hatch compacto, …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Indústria

APÓS UM ANO, MOTOR TSI RESPONDE POR QUASE METADE DAS VENDAS DO UP!

Submitted by on 8 de julho de 2016 – 10:27No Comment

qr-672-carro-up-05-tif
Lançada há um ano, a motorização 1.0 TSI já responde por uma parcela significativa das vendas totais do Up! no país. Segundo informações divulgadas pela própria marca, das 20.298 unidades da linha Up! vendidas nos seis primeiros meses do ano, 8.785 saíram de fábrica com a nova motorização.
O motor EA211 1.0 TSI é produzido em São Carlos, no interior de São Paulo. Antes do início da produção, a fábrica recebeu investimentos de aproximadamente R$ 900 milhões para adequação das linhas de montagem, aumento da capacidade produtiva e construção de uma nova linha de usinagem de virabrequim. De lá, os motores seguem para outra fábrica do grupo VW, localizada em Taubaté (SP), onde são produzidos os modelos da gama Up!.

O conjunto entrega até 105 cv a 5.000 rpm e torque máximo de 16,8 mkgf a 1.500 rpm se abastecido com etanol – com gasolina a potência cai para 101 cv, sendo que o torque é o mesmo. No ranking de consumo da QUATRO RODAS, o Up! TSI registrou a melhor marca entre os modelos movidos apenas a combustão, com 14,5 km/l em ciclo urbano. Já no ranking de aceleração de 0 a 100 km/h para veículos compactos (excluindo os esportivos), ele está em terceiro, atrás do novo Fiesta 1.0 EcoBoost e do HB20 1.6 com câmbio manual.

Atualmente, o motor é oferecido como opcional (por R$ 4.000, um sensível aumento em relação aos R$ 3.100 da época em que foi lançado) para as versões Move Up!, High Up!, e Cross Up!, e vem de série nas versões Black/Red/White Up! e Speed Up!. Além do logotipo na traseira, todos os modelos são identificados pela tampa do porta-malas pintada na cor preta.

Texto: Vitor Matsubara
Fonte: Quatro Rodas

Comments are closed.