Salão de Detroit dá adeus ao inverno e aos preços altos
15 de janeiro de 2019 – 10:39 | Comentários desativados em Salão de Detroit dá adeus ao inverno e aos preços altos

Com dúvidas sobre o futuro do mercado automobilístico, o salão americano vai passar por transformações em 2020.
O Salão de Detroit, principal salão de automóveis americano, tem nesta terça-feira seu segundo dia já com um atrativo …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Motos

Após Scrambler, Ducati planeja duas novas motos para 2015

Submitted by on 25 de julho de 2014 – 10:52No Comment

08

Enquanto mostra pouco a pouco como será a nova Scrambler, principal lançamento para a Ducati no ano, a marca italiana revelou que prepara mais duas novidades para 2015. Desde que foi adquirida pelo grupo Volkswagen, em 2012, a fabricante de motos de luxo vem investindo pesado em novos produtos

“No próximo ano teremos dois novos modelos para o mercado”, disse Claudio Domenicali, CEO da Ducati, em entrevista a um grupo de jornalistas, durante a edição 2014 do World Ducati Week, um encontro promovido pela empresa a fãs de motocicletas.

Ao seu lado, estava Ulrich Hackemberg, responsável pelo desenvolvimento de produtos da Audi, também integrante do grupo alemão.

“Estamos nos ajudando em muita coisa, sobretudo na parte de motores. A Ducati é muito boa em resolver problemas”, disse Hackemberg, que revelou ser motociclista e ter 15 motos da marca italiana. Para o futuro, a marca apontou que até 2020 todas as motos deverão ter adventos eletrônicos, como controle de tração, estabilidade e freios ABS.

Moto elétrica e scooter
Apesar de anunciar a chegada dos novos modelos, a empresa não revelou de quais segmentos eles serão. “Ainda não posso dizer nada, mas temos que manter a identidade Ducati, que é desempenho e prazer de condução”, disse Domenicali. Como a Harley-Davidson acaba de apresentar sua 1ª moto elétrica, questões sobre uma possível Ducati movida a eletricidade foram inevitáveis.

“É uma possibilidade, apesar de ser algo que foge de nossas tradições, mas porque não?”, disse Hackemberg. “Mas teremos de criar um produto com leveza e desempenho, com cerca de 200 km de autonomia e performance”, acrescentou o executivo, sem revelar se a marca realmente trabalha neste projeto.

Outro segmento que é fruto de rumores para a fabricante de Borgo Panigale, em Bolonha, é o de scooters. Boatos sobre um modelo Ducati deste tipo são publicados na imprensa internacional há anos, porém, sem um confirmação oficial da empresa. “Não existe um scooter realmente esportivo no mercado. Mas acredito que seja possível criá-lo”, disse Hackemberg.

Fonte: Rafael Miotto / G1
Foto: Divulgação

Comments are closed.